Releases

18/05/2018
Klabin marca presença no VTEX Day

Empresa disponibilizou móveis de papelão ondulado, que complementaram a ambientação do evento, lixeiras e copos de papel

São Paulo, 18 de maio de 2018 – De forma criativa e sustentável, a Klabin participou do VTEX Day, o maior evento de e-commerce e varejo multicanal da América Latina, realizado esta semana em São Paulo. A companhia forneceu parte do mobiliário do evento com peças feitas de papelão ondulado, que chamaram a atenção do público e foram uma das atrações. Alguns espaços, como o “lounge”, foram ocupados com sofás, poltronas de dois e três lugares e amplas mesas de centro. Nas áreas de trabalho, foram dispostas mesas e dois tipos de cadeira, também feitas de papelão ondulado.

Além disso, a Klabin abasteceu o evento com lixeiras de papelão ondulado e seis mil copos de papel, distribuídos em todos os pontos de consumo de água e de alimentação. Com a ação, a empresa buscou demonstrar as diversas possibilidades para a adoção de soluções eficientes, criativas e, ao mesmo tempo, ambientalmente responsáveis, que cooperem com a redução do uso de materiais feitos com recursos não renováveis, que impactam o meio ambiente.

Todos os itens de papel disponibilizados pela Klabin foram produzidos a partir de recursos naturais renováveis, com matéria-prima proveniente de florestas plantadas e certificadas. Este formato de parceria e contribuição da Klabin está amparado por sua visão de sustentabilidade, orientada, entre vários fatores, pelo desenvolvimento sustentável. Nesse âmbito, o papel é protagonista, dada a sua alta taxa de reciclabilidade.

O VTEX Day 2018 foi organizado pela VTEX, empresa brasileira líder mundial em digital commerce. Realizado nos dias 14 e 15 de maio, o evento reuniu mais de 14 mil pessoas e 150 palestrantes.

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais: www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3323-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete de Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

 

Fechar
18/05/2018
Prefeitura de Ortigueira implanta nova dinâmica de coleta seletiva de resíduos sólidos

Em parceria com a Klabin e o Consórcio Caminhos do Tibagi, a metodologia será implementada inicialmente em três bairros e depois ampliada para todo o município

Ortigueira, 18 de maio de 2018 - Com o objetivo de melhorar a separação de resíduos sólidos, a Prefeitura de Ortigueira iniciará em 28 de maio a fase piloto de um novo modelo de coleta seletiva na cidade. A ação, que faz parte do Projeto de Resíduos Sólidos desenvolvido em parceria com a Klabin e o Consórcio Caminhos do Tibagi, será implementada, na primeira fase, nos bairros Vila Godoi, Vila Guarapuava e Jardim Paraná. O modelo, que deve ser expandido para todo o município, contempla a entrega de uma embalagem retornável para cada família armazenar os resíduos que podem ser reciclados.

Para otimizar a coleta e fornecer orientação à população, a Secretaria de Meio Ambiente de Ortigueira cadastrará as famílias dos bairros atendidos. “A partir desse cadastro será possível orientar os moradores sobre a melhor forma de separar os resíduos e também identificar as dúvidas e dificuldades”, afirma Osmar Rati, Secretário Municipal do Meio Ambiente.

A novidade foi informada aos moradores pelas equipes de meio ambiente da Klabin e da prefeitura de Ortigueira em reunião realizada na última quinta-feira (17), na Escola Municipal Dr. Getúlio Vargas. O evento contou com a apresentação de um musical preparado pelos alunos do 5º ano sobre a importância da reciclagem e da preservação do meio ambiente. “Com a coleta de resíduos sólidos, o município avança em uma frente muito importante de preservação do meio ambiente. O novo modelo facilitará a diferenciação e separação dos resíduos que são recicláveis da matéria orgânica ou rejeito, o que torna a coleta seletiva ainda mais assertiva”, destaca Julio Nogueira, gerente de Sustentabilidade e Meio Ambiente da Klabin.

 

Como vai funcionar

A partir do dia 21 de maio, cada residência receberá uma sacola retornável, que deve ser utilizada pelos moradores para depósito dos materiais recicláveis (papel, plástico, metal e vidro). No dia previsto para a coleta, que segue o mesmo cronograma já praticado pelo município, o morador deve deixar a embalagem na frente da própria casa. Os coletores despejarão os resíduos no caminhão e a sacola vazia será devolvida ao morador. “Importante salientar que se houver resíduo não reciclável misturado aos demais, a equipe de coletores identificará a embalagem com um adesivo, com o objetivo de informar que o material não foi levado por não estar separado adequadamente. A ideia é organizar e melhorar a coleta, por isso, a colaboração de todos é essencial”, explica Rati.

Os demais bairros de Ortigueira passarão a utilizar a metodologia na segunda fase do projeto, que será implementada em breve. Até lá os moradores devem seguir a rotina habitual, tomando o cuidado de separar os resíduos adequadamente.

 

Sobre o projeto

O objetivo da parceria da Klabin com o Consórcio Caminhos do Tibagi, formado pelos municípios de Imbaú, Ortigueira, Reserva, Tamarana, Tibagi, Telêmaco Borba e Ventania, é auxiliar na gestão dos resíduos sólidos. A iniciativa faz parte do Plano de Ação Socioambiental desenvolvido pela empresa na implantação da Unidade Puma da Klabin, em Ortigueira. Entre 2014 e 2016, a companhia realizou um estudo e diagnóstico da cadeia de resíduos sólidos em cada uma das cidades e, em seguida, foram formulados os planos de ação.

Para o projeto, a Klabin forneceu aos municípios estruturas ou equipamentos como barracões, caminhões de coleta seletiva e materiais para estruturar a reciclagem em cada local, além de atuar na capacitação dos catadores e formar associações ou cooperativas para organizar o trabalho. Outra frente de atuação do projeto diz respeito à educação ambiental nas escolas municipais, que promove a formação dos professores e coordenadores pedagógicos para que os conceitos de coleta seletiva e reciclagem sejam trabalhados e multiplicados entre os alunos durante todo o ano.

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. 

Saiba mais: www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3330-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

Fechar
10/05/2018
Unidade Monte Alegre da Klabin inicia Parada Geral no dia 14 de maio

Período de manutenções vai reunir cerca de 150 empresas para execução de mais de 4 mil serviços

Entre os dias 14 e 24 de maio a Unidade Monte Alegre da Klabin, em Telêmaco Borba, realiza a sua parada anual para manutenção, conhecida como Parada Geral. Durante 11 dias, mais de 4 mil serviços serão realizados nos diversos equipamentos da unidade, para garantir a segurança e a continuidade da operação.

A Parada Geral é um evento obrigatório para empresas que possuem equipamentos como caldeiras e digestores. Para a realização das atividades dentro do prazo previsto, é necessário um grande número de trabalhadores, sendo que muitos atuam exclusivamente em paradas de fábricas do setor de celulose e papel. “Nesse curto espaço de tempo serão realizadas manutenções complexas e que demandam mão de obra especializada. São trabalhos muito específicos e que exigem uma série de treinamentos direcionados para as atividades, por isso grande parte dessas empresas trabalham apenas em paradas gerais e rodam o país todo realizando essa atividade”, explica o gerente de Engenharia e Planejamento de Manutenção da Unidade Monte Alegre, Luiz Francisco Barbosa de Almeida.

Durante o período de manutenções, a comunidade pode perceber odores ou ruídos nas proximidades da fábrica. De acordo com o coordenador de Meio Ambiente da Unidade Monte Alegre, Henrique Luvison Gomes da Silva, várias ações preventivas foram tomadas em conjunto com as equipes de planejamento de manutenção para diminuir o impacto, entre elas o monitoramento de ruído na cidade. “Realizamos testes para medir o quanto o reinício dos equipamentos impactaria na comunidade. Com isso, reorganizamos alguns serviços para que não haja incômodo à população durante a noite ou madrugada”, destacou Henrique.

Economia aquecida 

O período da Parada Geral se reflete em bons indicadores econômicos para a comunidade de Telêmaco Borba e região, com o aquecimento das vendas no comércio e geração de empregos temporários. Segundo dados da Agência do Trabalhador e empresas de recrutamento do município, em 2018 foram criados 330 postos de trabalho temporário na cidade para atender a demanda da Parada Geral de Monte Alegre. Entre as principais funções contratadas estão vigias de espaço confinado, montadores de andaime, bombeiros e técnicos de enfermagem.

Com o aumento na circulação de pessoas, o comércio da região também fica aquecido. Segundo o presidente da Acitel (Associação Comercial e Empresarial de Telêmaco Borba), Marcelo Diniz, o período é adequado para bons negócios. “Os lojistas se preparam para esse momento. É a oportunidade ideal para vender mais, pois os trabalhadores que vêm para a Parada consomem os produtos e utilizam os serviços locais”, afirma.

Fale com a Klabin

Com a maior circulação de pessoas na cidade, o trânsito no entorno na fábrica ficará mais intenso nos horários de chegada e saída dos turnos. Por este motivo a Klabin recomenda à população evitar transitar pela PR160, nas proximidades da portaria 3 e entrada de Harmonia, entre os seguintes horários: das 7h às 9h e das 16h30 às 18h30.

Em caso de dúvidas ou sugestões, a comunidade pode entrar em contato pelo e-mail faleklabinpr@klabin.com.br ou pelo telefone 0800 728 0607.

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. 

Saiba mais: www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3330-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

Fechar
09/05/2018
Klabin abre vagas gratuitas para Curso Técnico em Celulose e Papel

Inscrições podem ser feitas até o dia 4 de junho, no Senai de Telêmaco Borba

Para contribuir com a qualificação profissional da população de Telêmaco Borba e região, a Klabin está ofertando 35 vagas totalmente gratuitas para o Curso Técnico em Celulose e Papel. As aulas serão ministradas pelo Senai de Telêmaco Borba e os interessados têm até o dia 4 de junho para se candidatar a uma das vagas.

O candidato deve ser maior de 18 anos, ter terminado o Ensino Médio e, para os homens, estar dispensado do serviço militar. Essa oportunidade da Klabin também é compatível para pessoas com deficiência. Para se inscrever, os interessados devem ir até o Senai com os seguintes documentos: comprovante de residência, RG, CPF, Histórico Escolar ou declaração do Ensino Médio (originais e cópias) e duas fotos 3x4 recentes.

Como as vagas são limitadas, os candidatos serão avaliados em um processo seletivo que será realizado em duas etapas: a primeira será uma prova de conhecimentos gerais, no dia 14 de junho. Os melhores colocados passarão por dinâmicas com a equipe de Gente e Gestão da Klabin, que vai selecionar os 35 alunos que terão a oportunidade de fazer o curso técnico gratuitamente. Mais informações sobre o processo seletivo podem ser consultadas no site do Senai: senaipr.com.br/klabin

Sobre o curso

O curso, que tem a duração de dois anos, será ministrado pelo Senai de Telêmaco Borba e as aulas começam no dia 23 de julho. O profissional Técnico em Celulose e Papel atua no desenvolvimento e aplicação de tecnologias de processamento para a fabricação de produtos à base de celulose, incluindo embalagens de papelão, enchimentos para portas, itens de higiene pessoal e moldes para transportes e móveis.

As disciplinas capacitam o profissional para controlar processos de obtenção da celulose, de fabricação de papel e realizar ensaios e análises químicas, físicas e físico-químicas de matérias-primas e produtos seguindo normas e procedimentos técnicos, de qualidade, saúde, segurança e meio ambiente.

Serviço:

Curso Técnico em Celulose e Papel

Inscrições: até 4 de junho de 2018

Local: Senai de Telêmaco Borba (Av. Presidente Kennedy, 66 - Centro)

Informações: (42) 3271-4700 |senaipr.com.br/klabin

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. 

Saiba mais: www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3330-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

Fechar
09/05/2018
Lages e Correia Pinto recebem o Programa Caiubi, da Klabin

Projeto visa sensibilizar professores da região sobre a importância da educação ambiental, além de tornar esses profissionais multiplicadores desse conhecimento

Santa Catarina, 9 de maio de 2018 – Nos dias 7 e 8 de maio, a Klabin promoveu ​​a 29ª edição do Programa Caiubi, em Santa Catarina. Realizado no Centro de Educação Ambiental da Unidade Correia Pinto (SC), foram promovidas palestras e dinâmicas interativas para 50 professores dos municípios de Lages e Correia Pinto, com foco nas práticas de conservação ambiental, benefícios do papel e sua cadeia produtiva fundamentada na sustentabilidade, aproximando a comunidade das ações empreendidas pela companhia em prol do desenvolvimento sustentável.

Este ano, o tema principal do programa abordou “Os Benefícios do Papel”, esclarecendo a relevância desse produto para a sustentabilidade, principalmente, pela alta taxa de reciclabilidade. A agenda contou com oficinas e palestras que abordaram as vantagens de toda a cadeia produtiva do papel e da celulose, desde o plantio, conservação das florestas e monitoramento da biodiversidade até os processos fabris da Klabin que dão origem aos produtos finais, passando pela reciclagem dos materiais, cuidado com a comunidade e desenvolvimento de aspectos socioambientais.

O primeiro dia contou com palestras voltadas à preservação do meio ambiente: Plantações Florestais Sustentáveis, Mais do que animais!, Atividades Lúdicas para Educação Ambiental e Programa Matas Legais. Os conteúdos foram ministrados por Mireli Moura Pitz Floriani, bióloga e especialista em Educação Ambiental da Klabin; Max Raffi, veterinário; Juares Magagnin, Cabo da Polícia Ambiental; e Leandro Casanova, engenheiro Florestal e especialista em Recursos Hídricos da Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida (Apremavi). Também foram realizadas atividades relacionadas ao tema: Do Bicho ao Nicho, ministrada por Max Farjallat; e Jogão Fique Legal, apresentada por Daiana Barth, gestora Ambiental da Apremavi.

Já no segundo dia as palestras envolveram os processos fabris da Klabin e o tema reciclagem: Sistema de Gestão Ambiental Klabin, que foi apresentado por Rodrigo Teixeira, engenheiro Sanitarista e Ambiental da companhia; A arte de reciclar papel, por Anderson Eduardo de Barros, especialista em Metodologia do Ensino da Arte. A engenheira Química Ana Gabriela de Oliveira, complementou a agenda falando sobre os benefícios do papel. O fechamento do curso ocorreu com a dinâmica Equilíbrio Ecológico/Cadeia Alimentar, dirigida por Mireli Moura Pitz Floriani, além de visitas à Trilha Araucária e à Unidade Correia Pinto da Klabin.

Sobre o Programa

O Programa Caiubi é promovido em parceria com Secretarias de Educação e teve início, em Santa Catarina, em 2007. O projeto tem como objetivo disseminar conceitos de consciência ecológica entre educadores, com o intuito de multiplicarem esse conhecimento com seus alunos e comunidade em que atuam. Desde sua criação, o programa já beneficiou mais de 159 mil estudantes, 1.242 professores de 442 escolas.

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. 

Saiba mais: www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3330-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

 

Fechar
03/05/2018
Projetos socioambientais da Klabin em Santa Catarina e Paraná são premiados

O prêmio Expressão Ecologia reconheceu as melhores práticas de sustentabilidade de empresas e instituições da região Sul em 18 categorias

03 de maio de 2018 A manutenção de mosaicos florestais, em Santa Catarina, e um projeto voltado à agricultura familiar, no Paraná, levaram a Klabin a conquistar, em duas categorias, o 25º Prêmio Expressão de Ecologia. A premiação, concedida anualmente pela Editora Expressão, é a maior e mais tradicional da Região Sul em desenvolvimento sustentável.

Vencedor na categoria “Manejo Florestal Sustentável”, o programa Mosaicos Florestais e a Conservação de Recursos Naturais consiste no plantio de pínus e eucalipto em formato de “mosaico”, ou seja, entremeado com matas nativas preservadas. Com isso, são formados corredores ecológicos por onde circula a fauna, ampliando a conservação dos recursos naturais e da biodiversidade. A Klabin é pioneira na adoção desse sistema. As áreas da companhia em Santa Catarina, de 136 mil hectares dentro do bioma da Mata Atlântica, abrigam mais de 1.250 espécies de flora e fauna – 450 delas figuram em listas de espécies ameaçadas de extinção.

“É da nossa natureza priorizar ações que viabilizem o desenvolvimento sustentável de toda a nossa cadeia produtiva e o mosaico florestal é uma das marcas da história da Klabin. Esse reconhecimento legitima nossos esforços para o aprimoramento da estratégia e gestão da sustentabilidade da companhia”, avalia a bióloga da Klabin, Mireli Moura Pitz.

A outra iniciativa premiada da Klabin foi o programa Matas Sociais – Planejando Propriedades Sustentáveis, realizado em parceria com a Apremavi (Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida), o The Nature Conservancy (TNC) e o Sebrae. Vencedora na categoria “Recuperação de Áreas Degradadas”, o programa auxilia pequenos produtores rurais na adequação ambiental, legal e paisagística de suas propriedades, a partir de um amplo mapeamento e planejamento para diversificação da produção. Desde a implementação, em 2015, o projeto já auxiliou na obtenção do Cadastro Ambiental Rural (CAR) de mais de 1.800 propriedades da cidade de Ortigueira e 690 de Imbaú, para as quais também foram doadas 136 mil mudas de diferentes espécies nativas da Mata Atlântica. No aspecto social, 337 propriedades rurais recebem assistência técnica para o plantio e capacitação para comercializar hortifrutigranjeiros em cadeias de consumo previamente identificadas na região.

“Os programas destacados pela premiação são a concretização do que prevê nossa Política de Sustentabilidade: zelar pelo meio ambiente, pelos recursos naturais e apoiar o desenvolvimento das comunidades onde temos operações”, afirma Uilson Paiva, gerente de Relações com a Comunidade, Meio Ambiente e Certificação da Klabin no Paraná.

Os projetos vencedores do prêmio Expressão de Ecologia serão publicados no livro Trajetória Ambiental do Sul, pela Editora Expressão, que será lançado no Fórum de Gestão Sustentável em julho desse ano.

Sobre o Prêmio Expressão Ecologia

O Expressão Ecologia é considerado o maior prêmio ambiental do País no segmento empresarial. Criado em 1993 pela Editora Expressão, ao longo de sua história, a premiação conta com a inscrição de mais de 2 mil cases das principais empresas, ONGs, Prefeituras e entidades do Sul.

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. 

Saiba mais: www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3330-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

Fechar
02/05/2018
Projetos socioambientais da Klabin recebem o Selo Social de Itajaí (SC)

Com cinco cases inscritos na premiação, a Unidade Itajaí recebeu sete selos sociais

São Paulo, 2 de maio de 2018 – A Klabin foi contemplada com o Selo Social 2017 do município de Itajaí (SC) e também conquistou o prêmio “Destaque”, promovido pela prefeitura da cidade com o intuito de reconhecer as empresas que possuem projetos socioambientais alinhados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU). Com cinco cases inscritos na premiação, a Unidade Itajaí recebeu sete selos sociais, e teve a oportunidade de mostrar as suas ações voltadas para a comunidade, os colaboradores e a preservação dos recursos naturais.

O projeto que recebeu o prêmio “Destaque” abordou o aumento da reciclagem dos resíduos industriais, e apresentou a implementação de logística reversa para resíduos específicos da fábrica, como mantas de poliuretano, e reciclagem do papel toalha utilizado para a secagem das mãos. Outro programa inscrito foi o “Reciclagem de Esponjas”, que direciona as esponjas coletadas no “Ecoponto”, instalado pela Klabin em parceria com a Universidade do Vale do Itajaí, para o Programa Nacional de Reciclagem de Esponjas da marca Scotch-Brite em parceria com a Terra Cycle, que a cada esponja doada converte R$ 0,02 por unidade do material coletado. Toda a receita arrecadada com a ação é revertida para o Hospital Universitário Pequeno Anjo de Itajaí (HUPA), especializado no atendimento infantil. Com o projeto, a Klabin recebeu os selos ODS 11 (Cidades e Comunidades Sustentáveis), ODS 12 (Consumo Responsável) e ODS 15 (Vida sob a terra).

A economia de mais de 680 mil litros de água e a substituição de todas as lâmpadas de vapor de sódio por LED foram ações instituídas nos processos da Unidade Itajaí que foram reconhecidas com o selo social. As práticas reduziram em 0,8 m³ do consumo de água por tonelada produzida de matéria-prima na Unidade em 2017, comparado a 2016; e gerou economia de energia elétrica na comparação anual. Por estes cases, a Klabin recebeu os selos ODS 9 (Inovação e Infraestrutura), 11, 12 e 15.

A prática que conquistou os ODS 4 (Educação de Qualidade) e 8 (Empregos Dignos e Crescimento Econômico) beneficiou os colaboradores da companhia. Nesta ação, foram criados pela empresa os “Ninhos de Leitura” nas áreas de descanso da Unidade, com diversos títulos de livros. Para complementar, a equipe da clicheria (setor responsável por formas e clichês), lançou uma campanha interna para estimular a leitura: os manuais e apostilas técnicas da biblioteca montada no setor contêm uma ficha de resumo, em que o profissional pode fazer anotações e compartilhar com o próximo leitor.

O Programa Selo Social foi desenvolvido pela prefeitura de Itajaí para estimular a implementação de ações que estão alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), além de valorizar publicamente as iniciativas das empresas que buscam promover o desenvolvimento socioeconômico da comunidade. Para conhecer saber mais sobre o Selo Social, acesse: selosocial.itajai.sc.gov.br

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. 

 

Saiba mais: www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3330-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

 

Fechar
27/04/2018
Klabin apoia produtores rurais de Ortigueira (PR) no cultivo de banana

Com incentivo da empresa, agricultores participantes do programa Matas Sociais investem na diversificação da propriedade rural

Paraná, 16 de abril de 2018 – Pequenos produtores rurais de Ortigueira, no Paraná, apostam em um produto que trará diversificação para suas propriedades e aumento de renda: a banana. Agricultores atendidos pelo programa socioambiental Matas Sociais, da Klabin, adquiriram 20 mil mudas de banana, da espécie conhecida como "Nanicão”. Em um ano, a expectativa é que a produção alcance 100 toneladas da fruta, melhorando a renda de aproximadamente 17 famílias envolvidas diretamente no plantio.

 

A ideia de cultivar banana surgiu da avaliação dos atributos do próprio município, que reúne características como clima quente com umidade equilibrada, baixa ocorrência de geadas, solo fértil e pouco acidentado. A espécie Nanicão é capaz de aproveitar todas essas qualidades para se desenvolver, além de ser uma variedade com boa aceitação no mercado. “Os produtores já tinham como atividades a pecuária e possuíam bananal, a ideia foi fortalecê-las. Começamos com o melhoramento da produção leiteira, que hoje já está mais consolidada, e agora vamos apostar no cultivo da banana”, explica o consultor do Sebrae e parceiro da Klabin no projeto, Lindomar Schimitz.

 

Na preparação dos agricultores para o trabalho, foram promovidas oficinas de plantio e debate com um potencial comprador do município de Telêmaco Borba (PR) que, atualmente, compra banana do estado de Santa Catarina. “Além de possuir um perfil comprador próximo, os produtores também têm a oportunidade de produzir a banana orgânica e vender para o mercado institucional, destinado à produção de merendas escolares, por exemplo”, observa Schimitz.

 

A primeira safra está prevista para março de 2019, com colheita estimada em mais de 100 toneladas de banana. A expectativa pela melhora da renda é um estímulo aos produtores. “Saber que tem quem compre, facilita e é uma coisa nova. Vamos tentar e tomara que dê certo”, diz Valdemir de Oliveira Melo, produtor e morador do Assentamento Índio Gaudino.

Matas Sociais

Iniciado em maio de 2015, o programa “Matas Sociais - Planejando Propriedades Sustentáveis”, promovido pela Klabin no Paraná, incentiva a agricultura familiar e auxilia pequenos produtores rurais dos municípios de Ortigueira, Imbaú e Telêmaco Borba em todas as etapas de produção, desde a obtenção do Cadastro Ambiental Rural (CAR) até a comercialização da produção nos mercados locais, passando pela diversificação da propriedade e incentivo ao associativismo/cooperativismo. Em pouco mais de dois anos de atuação, já são 230 propriedades atendidas e mais de 50 ações de capacitação envolvendo manejo agrícola, pecuária, produção orgânica e educação ambiental, entre outras. A iniciativa conta com a parceria da Apremavi, do Sebrae e da The Nature Conservancy (TNC). Recentemente o programa foi reconhecido com o “Selo SESI Objetivos do Desenvolvimento Sustentável”, que valoriza ações que contribuem para o desenvolvimento social no estado do Paraná.

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais: www.klabin.com.br.

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3323-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete de Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

 

Fechar
27/04/2018
Escolas de Santa Cecília (SC) recebem o Projeto Crescer Lendo da Klabin

A companhia entregou dois cantinhos de leitura, com um acervo de 450 livros para cada escola

Santa Catarina, 27 de abril de 2018 – Este mês, o Projeto Crescer Lendo, da Klabin, chegou a mais duas escolas de Santa Catarina, localizadas no município de Santa Cecília. A companhia entregou dois cantinhos de leitura, com um acervo de 450 livros cada, para as escolas Cancianila Ardegaus e Professora Dilma Grimes Evaristo, beneficiando mais de 200 alunos.

A iniciativa estimula o contato de crianças de 0 a 6 anos com a leitura, incentivando a criatividade, imaginação e troca de experiências, favorecendo a concretização do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). O Crescer Lendo também contempla a formação de profissionais do ensino infantil, que inclui uma oficina de contação de histórias para os pais, professores e voluntários da Klabin, que atuam em parceria com a companhia para que as crianças ingressem no ensino fundamental mais próximas e familiarizadas com a leitura.

Desenvolvido em parceria com a ONG United Way Brasil e o Instituto Avisa Lá, o Crescer Lendo já alcançou 26 municípios de sete Estados em que a Klabin mantém operações. Mais de 11 mil crianças foram beneficiadas e aproximadamente 18 mil livros foram doados. Além disso, o projeto formou cerca de630 profissionais do ensino infantil, entre professores, técnicos das Secretarias de Educação, diretores e coordenadores pedagógicos.

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. 

 

Saiba mais: www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3330-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

 

Fechar
16/04/2018
Klabin divulga plano de manejo florestal de Angatuba (SP) e região

O conteúdo apresenta os esforços da companhia para promover o manejo adequado de suas florestas, os indicadores das ações e os investimentos socioambientais

São Paulo, 16 de abril de 2018 – A Klabin disponibilizou o Resumo Público do Plano de Manejo Florestal 2017 das suas operações florestais na região Angatuba, interior do Estado de São Paulo. O conteúdo apresenta os esforços da companhia para promover o manejo adequado de suas florestas, os indicadores das ações e os investimentos socioambientais realizados, de acordo com sua Política de Sustentabilidade.

Entre os destaques do período, está a inauguração do Centro de Convivência Rolim Rosa, no município de Angatuba. No espaço, estruturado para atender a comunidade, são realizadas atividades educacionais e culturais, oficinas de música e dança, além de aulas de culinária e educação física. O projeto, desenvolvido e executado pela Klabin como contrapartida social para a cidade, beneficia mais de dois mil moradores do Jardim Elisa Volpi e Residencial Vital Rolim Rosa

Além de ressaltar os compromissos externos assumidos pela companhia, o documento descreve as áreas florestais da empresa no Estado de São Paulo com dados geoclimáticos, de relevo, geologia e hidrologia, manejo florestal madeireiro, incluindo as diferentes áreas e operações, tais como pesquisa, planejamento, silvicultura, colheita e transporte florestal.

Para consultar o Resumo Público - Plano de Manejo Florestal 2017 da região de Angatuba acesse o link: klabin.com.br/media/2433/resumo_publico_sp_2017.pdf

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. 

 

Saiba mais: www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3330-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

 

Fechar
09/04/2018
Goiana em Ação atua pelo desenvolvimento sustentável do município

O movimento une representantes da iniciativa privada, do poder público e da sociedade civil para definir temas prioritários e plano de ação para Goiana

Goiana, 9 de abril de 2018 - Nos últimos anos, a população de Goiana viu o município passar por grandes transformações que repercutem no desenvolvimento econômico e social da cidade, como a instalação de grandes indústrias e a recém incorporação na região metropolitana de Recife. Movidos pela vontade de construir um futuro sólido para o município, empresas privadas se uniram ao poder público e a representantes da sociedade civil local para criar o Goiana em Ação – Fórum de Desenvolvimento Sustentável de Goiana. O evento de lançamento do Fórum acontece amanhã, dia 10, às 18h, no Sesc Ler – Goiana, no qual será apresentado também os resultados do Índice de Progresso Social (IPS).

A iniciativa teve origem a partir da parceria entre a Klabin e o Polo Automotivo Jeep, da FCA. O movimento foi concebido como um espaço de diálogo voluntário, horizontal e democrático, com objetivo de estimular a articulação e a participação dos diversos atores da sociedade nas discussões e decisões relevantes para a melhoria da qualidade de vida do município. “Todos nós fazemos parte da comunidade de Goiana e queremos o melhor para a cidade. Assim, juntar todos num mesmo esforço e direção potencializa os resultados que podemos colher em prol da população e do município”, afirma Luciana Costa, Coordenadora de Sustentabilidade para a FCA na América Latina.    

O grupo tem encontros mensais e conta com a participação das principais lideranças de Goiana, representantes do poder público e da iniciativa privada, além de moradores, que são convidados a contribuir nas discussões e ações. “O protagonismo local e a participação ativa dos diversos integrantes do Fórum é fundamental. O diálogo democrático cria uma agenda de desenvolvimento autêntica e legitimada pela sociedade, onde todos se sentem motivados a contribuir, zelar e promover melhorias para o município”, ressalta a Gerente de Gestão de Sustentabilidade e Comunicação da Klabin, Carime Kanbour.

Para identificar os primeiros participantes do Goiana em Ação e concretizar o movimento, foi feita ainda uma parceria com a Avesso, consultoria especializada em projetos de desenvolvimento local. “Nosso papel é estimular que os participantes do Fórum dialoguem de maneira transparente e franca e busquem construir, em conjunto, uma nova forma de desenvolvimento para o município”, explica Judi Cavalcante, consultor da Avessoque atua como mediador. Nos encontros, o time é estimulado a estabelecer vínculos comunitários, senso de pertencimento e são apresentados a conhecimentos e ferramentas para dar suporte ao desenvolvimento das iniciativas prioritárias definidas pelo fórum em conjunto. Todo o trabalho é feito de forma coletiva e o objetivo é que o movimento tenha gestão própria.

Além de compartilhar informações e conhecimentos sobre democracia participativa, gestão sustentável de cidades e desenvolvimento sustentável, o Goiana em Ação definiu quatro temas prioritários para atuar – Educação, Turismo, Cultura e Emprego e Renda. Os temas foram escolhidos nos primeiros seis meses de criação do Projeto, que contou com a participação de 166 pessoas. Nesses encontros foram definidos os princípios e valores do grupo; levantadas as informações para definição dos temas prioritários, incluindo a análise dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações e Unidas, e a aplicação do Índice de Progresso Social (IPS). É importante termos iniciativas como essa, principalmente no momento atual de desenvolvimento que Goiana vive. É um espaço que todos podem dialogar de igual para igual. Agora ele tem que crescer e contar com a participação de mais pessoas”, pontua Edivaldo de Oliveira, mais conhecido como Peu do Maracatu, presidente da Associação de Caboclinhos e Índios de Pernambuco e integrante do Fórum.  

O próximo passo é a elaboração do Plano de Ação, que terá validade em 2018 e 2019. Para isso, estão sendo utilizados como referência os ODS e o IPS.  Após esse período, os integrantes avaliarão o andamento e estágio de implementação das iniciativas propostas e realizarão um novo planejamento para o próximo ciclo anual do Fórum.

 

Sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

Aprovados em 2015 e com 195 países signatários, os ODS são um conjunto de 17 objetivos e 169 metas, cujo maior sonho a ser perseguido é acabar com a pobreza até 2030 e promover universalmente a prosperidade econômica, o desenvolvimento social e a proteção ambiental. Embora de natureza global e universalmente aplicáveis, os ODS dialogam com as políticas e ações nos âmbitos regional e local (municípios). Os ODS sucedem e atualizam os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e a sua implementação é um desafio que requer a parceria da sociedade civil, do setor privado e dos governos, com destaque para os municípios.

Segundo a Rede Brasileira de Cidades Sustentáveis, na América Latina, o Brasil é o país mais urbanizado, resultado de um intenso processo de estruturação das cidades iniciado na década de 1950, que provocou a concentração de 86,53% de sua população nas áreas urbanas. Segundo a Rede, “os municípios concentram os mais graves problemas globais como pobreza, desigualdade social, poluição, dificuldades de mobilidade, falta de saneamento básico, habitações precárias, violência e impacto das mudanças climáticas. Nesta lógica, se é nas cidades que os problemas globais se manifestam, é também nelas que se concentram os recursos humanos, tecnológicos e políticos necessários para superá-los”.

Em vista dessa realidade, o Goiana em Ação, que foca a sua atuação na cidade de Goiana, sede e seus distritos, optou por ter como norte os objetivos e metas dos ODS.

 

Sobre o Índice de Progresso Social

Coordenado no Brasil pela Fundação Avina, o IPS é uma ferramenta de mudança social cristalizada em torno da identificação de eixos prioritários de trabalho para o desenvolvimento territorial.  O IPS Goiana foi o primeiro a ser aplicado no Nordeste e consistiu na adaptação do IPS para a construção de indicadores customizados para o município, a partir da aplicação, pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) de uma pesquisa com questionários domiciliares adaptados, com o objetivo de levantar as demandas socioambientais por parte dos moradores da sede (centro) e de outros quatro distritos de Goiana (Tejucupapo, Carne de Vaca, Ponta de Pedras e São Lourenço), para posterior priorização pelo Fórum de Desenvolvimento Sustentável de Goiana na hora de elaboração do plano de ação. 

O índice se baseia em 3 pilares: necessidades humanas básicas, fundamentos do bem-estar e oportunidades. Para chegar ao resultado de 48,94 em Goiana, foram visitados mais de 800 domicílios. O IPS revelou uma situação de grande disparidade na cidade quando são comparados os distritos com a sede. Por causa da alta concentração populacional na sede, o índice do município como todo é mais alto do que o resultado específico dos distritos. Segundo a pesquisa, os melhores indicadores foram os relativos à acesso à água e a moradia. No entanto, ficaram com os piores indicadores os itens de segurança pessoal e qualidade do meio ambiente.

Saiba mais sobre o Índice de Progresso Social em www.socialprogress.org

 

Sobre o Polo Automotivo Jeep

Prestes a completar três anos de operação, o Polo Automotivo Jeep emprega atualmente 13.600 pessoas em três turnos de trabalho, entre planta principal e Parque de Fornecedores, formado por outras 16 empresas. O Polo é responsável pela produção dos Jeep Renegade e Compass e pela picape Fiat Toro e pelo abastecimento do mercado interno e da América Latina. Concebido nas bases da indústria 4.0, representa a planta mais moderna do grupo FCA no mundo. Suas inovações e ações vão além da tecnologia e estão presentes também na sustentabilidade. Primeira indústria a alcançar o selo de Carbono Neutro, a planta trabalha com aterro zero e seu processo produtivo faz o reuso de 99,4% da água utilizada.

Tendo a educação como um dos pilares de atuação social do grupo, A FCA também está presente na região com o programa Rota do Saber. A iniciativa tem como objetivo a melhoria do ensino fundamental público através da capacitação de professores e gestores da rede municipal. Atualmente, o programa está presente em seis municípios da região, beneficiando 205 escolas, 967 mil educadores e impacta diretamente 27 mil alunos. O Rota do Saber é uma iniciativa da FCA em parceria com a Magneti Marelli, empresa que integra o grupo, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Instituto Qualidade do Ensino – IQE.

 

Sobre a Klabin  

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em quatro unidades de negócios: Florestal, Celulose (fibra curta, fibra longa e fluff), Papéis (papel cartão e papel kraft) e Embalagem (papel reciclado, papelão ondulado e sacos industriais).  

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.  

Saiba mais: www.klabin.com.br

Mais informações:

Jeep

Juliana Pessoa – (81) 98156-8245 -  juliana.pessoa@fcagroup.com

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3323-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete de Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

 

Fechar
15/03/2018
Klabin marca presença na ExpoTelêmaco 2018

Empresa levará à comunidade o processo produtivo e ações de meio ambiente e responsabilidade social

De 17 a 21 de março, no Centro de Eventos de Telêmaco Borba, a população poderá conhecer um pouco mais sobre a Klabin. Em um estande montado na ExpoTelêmaco 2018, a empresa vai expor um pouco das ações socioambientais que pratica nas comunidades onde atua, além de mostrar o processo produtivo de celulose e papel.

O evento, organizado pela Prefeitura de Telêmaco Borba, comemora os 54 anos de emancipação do município e terá atrações como shows, rodeio, gastronomia e exposição das empresas da cidade.  

“Não poderíamos deixar de participar! A Klabin chegou na região antes mesmo do surgimento de Telêmaco Borba, e construímos juntos uma trajetória sustentável. Para nós é uma satisfação poder mostrar à população um pouquinho do que a gente faz através da dedicação de milhares de telemacoborbenses que atuam todos os dias nas nossas fábricas e operações florestais”, explica o Gerente de Relações com a Comunidade da Klabin, Uilson Paiva.

A Klabin convida a todos para visitar o estande, instalado no Pavilhão de Industria e Comércio.

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. 

Saiba mais: www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3330-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

Fechar
15/03/2018
Klabin patrocina “Imagens do Aleijadinho” no MASP

A ação faz parte da atuação da Klabin de apoio e incentivo à cultura

São Paulo, 15 de março de 2018 –  A exposição apresenta cerca de 50 obras do artista e será uma das principais do ano no museu, com o patrocínio integral da Klabin. Além das esculturas devocionais de Aleijadinho, a Mostra traz mapas, gravuras, fotografias, pinturas e esculturas de viajantes e outros artistas, que contribuem para a compreensão do contexto e da influência do artista mineiro na história da arte brasileira.

A ação faz parte da atuação da Klabin de apoio e incentivo à cultura, um dos pilares do investimento social da companhia. A expectativa é que a Mostra tenha recorde de público, visto que uma exposição como esta do artista é aguardada há 10 anos.

Serviço

Local: MASP – Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand

Endereço: Avenida Paulista, 1.578 - Bela Vista, São Paulo

Período: De 10 de março até 3 de junho de 2018 – terça a domingo, das 10h às 18h

Entrada: R$ 35 (grátis às terças-feiras)

Mais informações: https://masp.org.br/exposicoes/aleijadinho

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. 

Saiba mais: www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3330-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br 

Fechar
14/03/2018
Klabin expande Programa de Apicultura e Meliponicultura para São Paulo e Santa Catarina

Bem-sucedido no Paraná, com a ampliação o programa tem potencial de aumentar 8% a produção de mel em 2018

Paraná, 14 de março de 2018 – O Programa de Apicultura e Meliponicultura da Klabin iniciou recentemente a expansão das atividades para os municípios de Otacílio Costa (SC) e Angatuba (SP), duas localidades onde a empresa mantém operações florestais e industriais. Com a ampliação, o programa passa a contar com 49 apicultores e 78 apiários, e até o final desse ano, serão incorporados outros 24 parceiros dos dois novos municípios, e alcançará mais de 100 apiários, espalhados por florestas de 12 municípios dos estados do Paraná, São Paulo e Santa Catarina.


Há 80 milhões de anos as abelhas desempenham a crucial tarefa de polinizar as plantas e são consideradas os animais de maior eficiência no transporte de pólen de uma flor para a outra, a exemplo das melíponas – abelhas nativas do Brasil responsáveis por 40% a 90% da polinização de nossas florestas nativas. Devido às alterações ambientais provocadas por ações antropogênicas, as abelhas, de modo geral, correm risco de serem extintas e, sem a presença destas, cessaria o mel e mais de 80% dos alimentos consumidos pela humanidade.

 

Para impulsionar o programa e mostrar sua relevância para a preservação do meio ambiente, anualmente a Klabin promove treinamentos para os apicultores parceiros, que incluem aulas práticas e teóricas focadas na melhoria da produtividade e qualidade do mel. “Os cursos abordam técnicas de manejo adequado dos apiários e proporcionam níveis superiores de qualidade e produtividade, o que garante um aumento de renda aos apicultores”, explica Luiz Vicente Miranda, coordenador do Programa de Apicultura e Meliponicultura da Klabin. No último curso, realizado no ano passado no Apiário Escola, instalado na Unidade Monte Alegre, em Telêmaco Borba (PR), os apicultores acompanharam desde o desenvolvimento das larvas até o nascimento das abelhas e avaliaram a postura das rainhas produzidas.

 

Iniciado em 2005, o Programa de Apicultura e Meliponicultura da Klabin é desenvolvido em parceria com Associações de Apicultores dos municípios participantes e tem como objetivo aproveitar o potencial das florestas para produtos não madeireiros, impulsionando o desenvolvimento de cadeias produtivas que trazem benefícios ao meio ambiente e às comunidades no entorno das operações da companhia. “A apicultura racional é apontada como uma das principais alternativas de pequenos e médios produtores, porque é uma excelente fonte de alimentos, possibilita rápido aumento da renda familiar, melhora a produtividade das culturas e apresenta grande potencial de integração com atividades florestais”, ressalta Miranda.


O programa encerrou o ano de 2017 com produção recorde de 40 toneladas de mel, das quais quase a metade foram produzidas pelos 13 parceiros instalados em Ortigueira (PR). A expectativa para 2018 é um aumento de 8% na produção de mel em todos os municípios. Desde seu início, o programa produziu e comercializou aproximadamente 143 toneladas de mel.

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

 

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. 

 

Saiba mais: www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3330-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

 

Fechar
13/03/2018
Klabin participa do maior evento de logística e comércio exterior da AL

A empresa é uma das patrocinadoras do evento como apoio à APPA

São Paulo, 13 de março de 2018 – De hoje (13) até 15 de março, a Klabin participa da 24ª Intermodal South America 2018, em parceria com a APPA (Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina), no São Paulo Expo. A companhia reforçará o objetivo de promover negócios e parcerias que favoreçam o desenvolvimento do setor logístico e de comércio exterior, principalmente, a infraestrutura logística do país e investimentos em tecnologia e planejamento.

A empresa é uma das patrocinadoras do evento como apoio à APPA, forte parceira para a operação da Unidade Puma da Klabin, em Ortigueira (PR). A fábrica é a única do Brasil a oferecer, simultaneamente, celulose de fibra curta (eucalipto), celulose de fibra longa (pínus) e celulose fluff, e para escoar a produção a companhia construiu a Unidade de Logística de Papel e Celulose em Paranaguá (PR), que possui capacidade de movimentar 900 mil toneladas da matéria-prima anualmente.

Inaugurada em 2016, a Unidade é dedicada integralmente ao escoamento da produção para exportação, o que garante agilidade e competitividade ao negócio. São 24 mil m² de área construída e a operação conta ainda com um ramal ferroviário de 23,5 quilômetros de extensão construído pela empresa, que se conecta à ferrovia Central do Paraná, e opera com sete locomotivas próprias e 306 vagões.

A expectativa é que a Intermodal, considerada uma das principais feiras de logística, transporte de cargas e comércio exterior do mundo, atraia mais de 33 mil profissionais, em sua maioria representantes de embarcadores dos mais diversos setores da economia, armazéns, condomínios logísticos, operadores, tradings e empresas em geral. A última edição do evento reuniu mais de 400 marcas de 22 países, como Argentina, Bélgica, China, Estados Unidos, Reino Unido.

Serviço

Estande Klabin e APPA: 7-50

Local: São Paulo Expo

Endereço: Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 – Vila Água Funda

Horário: 13h às 21h

Informações:www.intermodal.com.br/pt

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade. 

 

Saiba mais: www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Alcione Cavalcante – (11) 3046-7714 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Claudia Bogossian – (11) 3330-3834 – claudia.bogossian@inpresspni.com.br

Vinicius Ribeiro – (11) 3323-1629 – vinicius.ribeiro@inpresspni.com.br

Arlete Oliveira – (11) 3323-1562 – arlete.oliveira@inpresspni.com.br

 

Fechar