Releases

29/06/2015
Klabin realiza a 25ª edição do Programa Caiubi e inaugura Centro Educacional Ambiental em Correia Pinto

Projeto tem como objetivo contribuir para a conscientização ambiental, promovendo a capacitação de educadores da região.

Klabin realiza a 25ª edição do Programa Caiubi e inaugura Centro Educacional Ambiental em Correia Pinto

Projeto tem como objetivo contribuir para a conscientização ambiental, promovendo a capacitação de educadores da região.

Correia Pinto, 29 de junho de 2015 – A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, realizou a 25ª Edição do Programa Caiubi. A ação, uma parceria com a Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), a Polícia Ambiental, a Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida (Apremavi), o Ministério Público Estadual e apoio da Prefeitura Municipal de Lages, aconteceu em Correia Pinto (SC), entre os dias 25 e 26 de junho, e beneficiou cerca de 50 professores.

As novidades dessa edição ficaram por conta da Inauguração do Centro de Educação Ambiental na Unidade da Klabin em Correia Pinto, onde foram realizadas palestras e atividades práticas de conscientização ambiental, além de orientações sobre fauna, flora, sustentabilidade e manejo florestal. Os professores tiveram a oportunidade de conhecer o Programa Matas Legais, promovido pela Klabin em parceria com a Apremavi, que orienta os pequenos e médios proprietários rurais a terem um aproveitamento mais eficiente das terras. A Polícia Ambiental contribuiu com palestra e fez atividades lúdicas de educação ambiental.

O evento contou ainda com a palestra do Promotor de Meio Ambiente de Lages, Renee Cardoso Braga, e com a palestra “Mais do que animais”, conduzida pelo professor Vilmar Picinatto Filho, da Universidade do Estado de Santa Catarina, que falou sobre a fauna regional e sua importância para o desenvolvimento saudável do planeta.

Os professores participaram de oficinas pedagógicas, que utilizaram materiais reciclados, e fizeram uma visita à Trilha Araucária, na área da Klabin em Correia Pinto. O objetivo do programa é que, com a sensibilização ambiental, esses educadores se tornem multiplicadores do conhecimento aos alunos da rede pública e desenvolvam trabalhos relacionados e que possam contribuir com o conteúdo curricular.

 

O Programa Caiubi

Com objetivo de disseminar conceitos de consciência ecológica entre professores das comunidades em que atua, a Klabin iniciou o Programa Caiubi no Paraná, em 2001. Em Santa Catarina, o projeto acontece desde 2007 e é promovido em parceria com Secretarias de Educação. Desde sua criação a ação já teve 24 edições e beneficiou quase 1000 professores de 346 escolas e mais de 106 mil estudantes

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papel cartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.  

Saiba mais em www.klabin.com.br

Fechar
25/06/2015
Klabin lança Relatório de Sustentabilidade 2014

Em sua 16ª edição, publicação traz informações sobre as atividades da empresa nas dimensões social, ambiental e econômica

Klabin lança Relatório de Sustentabilidade 2014

Em sua 16ª edição, publicação traz informações sobre as atividades da empresa nas dimensões social, ambiental e econômica

São Paulo, 25 de junho de 2015 – A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagem do Brasil, lança seu Relatório de Sustentabilidade 2014, onde relata e ilustra os aspectos mais relevantes da gestão da companhia. O trabalho abrange os resultados obtidos no último ano, as práticas adotadas para alcançá-los e as perspectivas para o futuro.

A publicação, em sua 16ª edição, inova ao reforçar o foco nos temas materiais, com os tópicos de maior relevância para a gestão estratégica da sustentabilidade, e que foram detectados por meio de um amplo trabalho de consulta aos diversos públicos de interesse, o que contribuiu diretamente para a construção da Matriz de Materialidade da empresa.

Entre os principais destaques, estão o plano de ação socioambiental para o desenvolvimento territorial dos municípios influenciados pelo Projeto Puma, nova fábrica de celulose em construção na cidade de Ortigueira (PR); o apoio na conquista da certificação florestal para um grupo de 42 produtores rurais fomentados da região do Médio Rio Tibagi (PR), que reconhece o plantio responsável e confere benefícios para toda a cadeia produtiva; e o reconhecimento de boas práticas de manejo florestal pelo Carbon Disclosure Project (CDP), importante organização internacional sem fins lucrativos, dedicada à sustentabilidade.        

O relatório também traz os investimentos na ampliação do uso de fontes renováveis na matriz energética. Nos últimos anos, a Klabin tem substituído progressivamente o óleo combustível pela biomassa (resíduos vegetais da operação florestal) na alimentação das caldeiras, alcançando, em 2014, o índice de 86,5% na utilização de fontes renováveis para a geração de energia.

Essas e outras iniciativas sobre a atuação sustentável da Klabin estão disponíveis no Relatório de Sustentabilidade 2014, elaborado com base nas orientações da Global Reporting Initiative (GRI), organização não-governamental referência em metodologia para a prestação de contas aos públicos de interesse de corporações do mundo todo.

Acesse a versão completa no relatórioklabin.com.br

 

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papel cartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

 

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Vera Aranha – (11) 3046-7714 – vera.aranha@inpresspni.com.br

Renata Victal – (11) 3323-3787 – renata.victal@inpresspni.com.br

Giovana Savine – (11) 3323-1629 –  giovana.savine@inpresspni.com.br

Fechar
19/06/2015
Klabin promove passeio ciclístico em Angatuba

O evento, que acontece no município pelo segundo ano consecutivo, tem o objetivo de proporcionar momentos de descontração entre os participantes por meio da prática de atividade esportiva.

Klabin promove passeio ciclístico em Angatuba

 

Angatuba19 de junho de 2015 – A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, realizará um passeio ciclístico amanhã (20), na cidade de Angatuba (SP). O evento, que acontece no município pelo segundo ano consecutivo, tem o objetivo de proporcionar momentos de descontração entre os participantes por meio da prática de atividade esportiva. Cerca de 250 pessoas se inscreveram para esta edição.

Todos os participantes receberão um kit composto por sacola, boné e squeeze. O ponto de partida do passeio será na Praça da Matriz e terminará no asilo Retiro dos Pobres de Santo Antônio, totalizando um percurso de 5 km. No final da corrida, a bicicleta mais decorada, a maior família presente no passeio, a maior turma uniformizada, o ciclista mais jovem e o mais idoso serão premiados.

Para a inscrição, cada participante doou 1 kg de alimento não perecível. As arrecadações serão entregues ao asilo Retiro dos Pobres de Santo Antônio

 

Serviço:

Data e horário: 20/6, a partir das 9h

Ponto de partida: Praça da Matriz de Angatuba

 

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papel cartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

 Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

 Saiba mais em www.klabin.com.br

 

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Vera Aranha – (11) 3046-7714 – vera.aranha@inpresspni.com.br

Renata Victal – (11) 3323-3787 – renata.victal@inpresspni.com.br

Giovana Savine – (11) 3323-1629 –  giovana.savine@inpresspni.com.br

Fechar
19/06/2015
Klabin divulga Plano de Manejo Florestal do Paraná

No material, é possível conhecer as iniciativas da Klabin para o manejo adequado de suas florestas e suas ações socioambientais.

Klabin divulga Plano de Manejo Florestal do Paraná

Paraná, 19 de junho de 2015 – A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagem do Brasil, disponibilizou em seu site o Resumo Público - Plano de Manejo Florestal 2015 do Paraná. No material, é possível conhecer as iniciativas da Klabin para o manejo adequado de suas florestas e suas ações socioambientais.

O documento descreve as áreas florestais da Klabin no Paraná, com dados geoclimáticos, de relevo, geologia e hidrologia. O conteúdo esclarece ainda como é realizado o manejo florestal madeireiro, incluindo as suas diferentes áreas e operações, tais como pesquisa, planejamento, desenvolvimento, abastecimento de mudas, silvicultura e transporte florestal, além das práticas de manejo florestal não madeireiro.

O Resumo Público - Plano de Manejo Florestal 2015 do Paraná conta também com os canais de comunicação para contato com a Klabin. O arquivo está disponível no link: https://www.klabin.com.br/pt/negocios-produtos/florestal/

 

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papel cartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

 

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Vera Aranha – (11) 3046-7714 – vera.aranha@inpresspni.com.br

Renata Victal – (11) 3323-3787 – renata.victal@inpresspni.com.br

Giovana Savine – (11) 3323-1629 –  giovana.savine@inpresspni.com.br

 

Fechar
03/06/2015
Klabin realiza audiência pública para construção de Unidade de Logística de Papel e Celulose em Paranaguá

Armazém terá capacidade de movimentar 75 mil toneladas de celulose por mês

Paranaguá, 3 de junho de 2015 – A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, realizou na noite de ontem, dia 2 de junho, no Teatro Municipal Rachel Costa, no Centro Histórico de Paranaguá (PR), uma audiência pública de apresentação do Estudo de Impacto de Vizinhança da companhia, referente à implantação da Unidade Logística de Papel e Celulose. Mais de 300 pessoas estiveram presentes no evento, que contou com a participação de representantes da Klabin, moradores e autoridades públicas.

 

Na ocasião, os moradores da região puderam tirar dúvidas e se posicionarem sobre o empreendimento. A construção deste armazém está contemplada no planejamento para a eficiência logística do Projeto Puma, nova fábrica de celulose da Klabin em construção na cidade de Ortigueira (PR) e que entrará em operação no início de 2016. Hoje, a Klabin já possui uma operação logística terceirizada em Paranaguá, mas o novo espaço permitirá que a empresa possa escoar volumes maiores de sua produção. O armazém terá capacidade de movimentar 1,5 milhão de toneladas de celulose por ano, mas a previsão é que sejam movimentadas 75 mil toneladas por mês, somando 900 mil toneladas por ano.  

 

O objetivo da audiência foi dar transparência sobre a construção do futuro armazém, localizado a apenas cinco quilômetros do Porto de Paranaguá. Este local foi escolhido pela facilidade nas movimentações de cargas e pelo baixo impacto gerado para a população local e ao meio ambiente e atualmente já é um espaço destinado, segundo a lei do Plano Diretor, para operações similares. O empreendimento irá manter a dinâmica e a capacidade da atual ferrovia, havendo interferência mínima nos ramais ferroviários existentes que se encontram dentro do perímetro urbano.

 

A construção será realizada pela Hochtief do Brasil e as obras vão durar entre 7 e 9 meses. Durante essa fase, serão gerados em torno de 200 empregos e cerca de 100 vagas quando o armazém estiver em operação. A celulose produzida em Ortigueira chegará em Paranaguá via ferrovia. Depois, da nova Unidade Logística até o Porto, o produto percorrerá mais 5 quilômetros via caminhões.

 

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papel cartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

 

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

 

Saiba mais em www.klabin.com.br

Fechar
03/06/2015
Klabin comemora resultado da campanha ‘Reservatório de Boas Ideias’

Companhia lança almanaque que será distribuído aos colaboradores na semana em que é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente

Klabin comemora resultado da campanha ‘Reservatório de Boas Ideias’

Companhia lança almanaque que será distribuído aos colaboradores na semana em que é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente

São Paulo, 3 de junho de 2015 –A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagem do Brasil, criou o Reservatório de Boas Ideias, uma campanha para que seus colaboradores compartilhem suas experiências sobre o cuidado e a preservação do meio ambiente e o espaço ao seu redor. Com início em março – quando foi celebrado o Dia Nacional da Conscientização sobre as Mudanças Climáticas (16), o Dia da Floresta (21) e o Dia da Água (22) –, a campanha se encerra em outra importante data, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente.


No total, foram 75 dias de ações e 39 ideias enviadas por colaboradores das 14 Unidades da companhia, distribuídas por sete Estados brasileiros. Durante esse período, 15 histórias foram selecionadas e publicadas semanalmente no site da Klabin e, agora, estão impressas em um almanaque que será distribuído aos colaboradores da empresa.


"Nosso objetivo é que esses bons exemplos se multipliquem entre os colaboradores, familiares, amigos e nas comunidades onde atuamos, inspirando novos protagonistas. A Klabin é referência em sustentabilidade nas suas operações e queremos promover, cada vez mais, esse valor para o dia a dia das pessoas", destaca Carime Kanbour, gerente de Gestão de Sustentabilidade e Comunicação da Klabin.


Reservatório de boas ideias na Klabin – Entre as várias histórias, vale destacar a experiência da laboratorista Marinez Romanhuck, que atua na área de qualidade e meio ambiente na Unidade Correia Pinto (SC). Marinez encontrou um jeito para reutilizar as embalagens de caixas de leite consumidas em sua casa. Teve a ideia de aproveitar as caixas transformando-as em bolsas e carteiras de artesanato. Após pesquisas, a colaboradora apresentou o trabalho durante uma oficina de reciclagem realizada em uma escola em Correia Pinto, que contou com a parceria da Klabin. O sucesso entre crianças, professores e colegas da companhia no reaproveitamento das caixas foi tanto que passaram a doar embalagens e se interessaram em saber mais sobre o tema. "Além de contribuir para a preservação da natureza, a atividade tornou-se uma terapia para mim, sem contar os momentos felizes que passo com meus filhos, que participam opinando sobre os modelos das bolsas e carteiras e aprendendo a importância da reciclagem", diz Marinez.


Hugo Leonardo de Freitas, assistente administrativo na Unidade Betim (MG), trouxe uma ideia bastante relevante para os dias atuais. Preocupado com a escassez de água que afetou alguns bairros da cidade onde mora, Hugo criou e montou uma cisterna, sistema de aproveitamento de água da chuva. Com um projeto simples, barato e funcional, instalou uma estrutura que direciona a água das calhas da casa para uma caixa de 500 litros, que fica no terraço, fazendo uma ligação com um cano PVC para uma das torneiras de sua residência. Hugo também tomou o cuidado de manter a caixa tampada, com um sistema que retira o excesso de água quando atinge o limite. E os benefícios foram muitos. "Consigo lavar o carro, roupas, limpar a casa e o quintal", afirma Hugo. E, melhor ainda, são as vantagens para o meio ambiente, com uma economia de 1.600 litros de água e 20% de redução no valor de sua conta. Um incentivo e tanto para os colegas e para a comunidade.


As boas ideias estão disponíveis no site www.klabin.com.br.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papel cartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

 

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Vera Aranha – (11) 3046-7714 – vera.aranha@inpresspni.com.br

Renata Victal – (11) 3323-3787 – renata.victal@inpresspni.com.br

Giovana Savine – (11) 3323-1629 –  giovana.savine@inpresspni.com.br

 

Fechar
25/05/2015
Fitch Ratings reafirma grau de investimento da Klabin

A Klabin comunica que a Fitch Ratings, agência de classificação de risco, reafirmou o rating grau de investimento da companhia de “BBB-” na escala global e de “AA” na escala nacional, com elevação da perspectiva negativa para perspectiva estável.

São Paulo, 22 de maio de 2015 – A Klabin comunica que a Fitch Ratings, agência de classificação de risco, reafirmou o rating grau de investimento da companhia de “BBB-” na escala global e de “AA” na escala nacional, com elevação da perspectiva negativa para perspectiva estável.

De acordo com a Fitch, os ratings da Klabin refletem a posição de liderança da empresa no setor de embalagens no Brasil, a grande base florestal aliada à estrutura de baixo custo de produção, a integração vertical e a flexibilidade da linha de produtos e mercados. Os ratings também incorporam a posição de caixa continuamente forte da Klabin e a capacidade de geração de fluxo de caixa operacional robusto, mesmo em condições macroeconômicas adversas.

A manutenção do rating e revisão da perspectiva para estável reflete o contrato de venda anunciado recentemente entre a Klabin e a Fibria, que reduz o risco das vendas da nova fábrica de celulose em construção em Ortigueira (PR), bem como o impacto da desvalorização do real, que aumentará a futura geração de caixa da nova fábrica.



Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.
Saiba mais em www.klabin.com.br

Fechar
22/05/2015
Campanha do Agasalho 2015: Klabin doará 26 mil caixas

A Klabin será responsável pela doação das 26 mil caixas de papelão ondulado que serão utilizadas em todo o Estado de São Paulo

São Paulo, 22 de maio de 2015 - A Klabin será responsável pela doação das 26 mil caixas de papelão ondulado que serão utilizadas em todo o Estado de São Paulo para a arrecadação de peças de roupas da Campanha do Agasalho 2015, promovida pelo Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP).

Este é o quarto ano consecutivo que a Klabin participa da campanha. A partir de hoje, as caixas de papelão ondulado serão disponibilizadas em locais de grande movimento como farmácias, supermercados, escolas, condomínios e empresas públicas ou privadas.

As caixas de papelão que serão doadas, assim como todos os papéis e as embalagens da Klabin, são 100% recicláveis, produzidos com matéria-prima proveniente de florestas plantadas e certificadas.

A companhia é a maior parceira do FUSSESP nesta Campanha.

Para conhecer os locais de arrecadação dos agasalhos, basta clicar em www.campanhadoagasalho.sp.gov.br


Sobre a Klabin


 A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

 

 

Fechar
19/05/2015
Klabin apresenta suas soluções em celulose na Tissue World

A Klabin terá um stand na Tissue World, tradicional feira internacional que será realizada pela primeira vez na cidade de São Paulo, entre os dias 20 e 22 de maio.

Klabin apresenta suas soluções em celulose na Tissue World

São Paulo, 19 de maio de 2015 –
A Klabin terá um stand na Tissue World, tradicional feira internacional que será realizada pela primeira vez na cidade de São Paulo, entre os dias 20 e 22 de maio. A Tissue World é voltada para a indústria de papéis higiênicos, papéis-toalha, lenços de papel e guardanapos.  Na ocasião, a empresa mostrará a esse mercado suas soluções em celulose de fibra curta, fibra longa e celulose fluff para as mais diversas aplicações na indústria. A celulose será produzida na nova fábrica da Klabin (Projeto Puma) em Ortigueira, no Paraná, que tem inauguração prevista para o início de 2016.

A feira reunirá profissionais do setor, fabricantes, conversores e fornecedores, além de varejistas, e participar desse evento reforça o atual momento da Klabin de entrada no mercado de celulose.  "O grande diferencial do Projeto Puma será a oferta de soluções em celulose para os mais diversos mercados, em especial a celulose fluff, hoje dependente de importações. Essa iniciativa vem a somar-se à destacada e sólida atuação da Klabin nos segmentos de papéis e cartões para embalagens, sacos industriais e embalagens de papelão ondulado", afirma José Soares, Diretor Comercial de Celulose.

Durante o evento, Francisco Razzolini, Diretor de Projetos e Tecnologia Industrial, fará uma palestra com o tema Oportunidade do Mercado de Tissue no Brasil: Projeto da Klabin de Fábrica de Celulose Puma.

Serviço:

A palestra de Francisco Razzolini será realizada no dia 20 de maio, às 10h.
A Tissue World será realizada no Transamerica Expo Center (Pavilhão E). Outras informações sobre o evento em www.tissueworld.com/


Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.
Saiba mais em www.klabin.com.br

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

Vera Aranha – (11) 3046-7714 99360-1451 – vera.aranha@inpresspni.com.br

Renata Victal – (11) 3323-3787 / 99972-2722- renata.victal@inpresspni.com.br

Giovana Savine – (11) 3323-1629 / 97378-9544 giovana.savine@inpresspni.com.br

 

Fechar
14/05/2015
Klabin firma parceria com CNPq para pesquisas de sustentabilidade em Otacílio Costa

Iniciativa visa desenvolver novas técnicas de reaproveitamento de resíduos sólidos

 Otacílio Costa, 14 de maio de 2015 - A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, buscando práticas cada vez mais sustentáveis, firmou parceria com o principal órgão de pesquisas do país, o CNPq – Conselho Nacional de Pesquisas Científicas e Tecnológicas. O projeto, que já foi iniciado, tem como objetivo desenvolver novas técnicas de reaproveitamento dos resíduos sólidos consequentes das atividades industriais da unidade da companhia em Otacílio Costa (SC), responsável pela produção de papéis tipo kraftliner, usado na fabricação de embalagens de papelão ondulado.

Pioneira no setor, a ação consiste na concessão de bolsas de estudo destinadas a profissionais que atuam em pesquisas aplicadas ou de desenvolvimento tecnológico. Com duração de 36 meses, os programas serão orientados por três linhas de pesquisa, que são estudadas ao mesmo tempo:  a primeira consiste na utilização destes resíduos para a fabricação de um gel polímero, a segunda buscará incorporar estes resíduos aos clinquers - pelotas inorgânicas que são transformadas em cimento -, e a terceira pretende misturar este material a um tipo de argamassa. Todas terão o mesmo foco: não recorrer ao descarte de resíduos sólidos em aterros.

Para atingir este objetivo, os pesquisadores terão de estudar diferentes formas para aproveitar todo o resíduo cedido pela Klabin na produção de cimentos alternativos. O material poderá ser utilizado na pavimentação de calçadas, fabricação de lajotas, entre outros fins, reutilizando completamente os componentes que seriam descartados. As pesquisas serão realizadas no campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

O trabalho está sendo realizado por meio do Programa de Formação de Recursos Humanos em Áreas Estratégicas (RHAE), criado em 1987, em uma parceria do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do CNPq. O Programa utiliza um conjunto de modalidades de bolsas de fomento tecnológico, criado especialmente para agregar profissionais qualificados em atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D) nas empresas, além de formar e capacitar para que atuem em projetos de pesquisa aplicada ou de desenvolvimento tecnológico.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br<http://www.klabin.com.br>

 

Sobre o CNPQ

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), agência do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), tem como principais atribuições fomentar a pesquisa científica e tecnológica e incentivar a formação de pesquisadores brasileiros.

Criado em 1951, desempenha papel primordial na formulação e condução das políticas de ciência, tecnologia e inovação. Sua atuação contribui para o desenvolvimento nacional e o reconhecimento das instituições de pesquisa e pesquisadores brasileiros pela comunidade científica internacional.

Fechar
04/05/2015
Fibria e Klabin fecham contrato de fornecimento de celulose de eucalipto para o mercado internacional

O contrato entre as duas empresas estabelece o compromisso firme de aquisição pela Fibria, ou por suas subsidiárias, do volume mínimo de 900 mil toneladas anuais de celulose de fibra curta, que será vendido com exclusividade pela Fibria em países fora da América do Sul.

São Paulo, 04 de maio de 2015A Fibria e a Klabin anunciam que aprovaram a celebração de um contrato para fornecimento de celulose de eucalipto (fibra curta), que será produzida na nova fábrica da Klabin em construção na cidade de Ortigueira, no Paraná (Projeto Puma). Com capacidade de produção de 1,5 milhão de toneladas, sendo 1,1 milhão de celulose de fibra curta, a fábrica tem seu início de operação previsto para 2016.

O contrato entre as duas empresas estabelece o compromisso firme de aquisição pela Fibria, ou por suas subsidiárias, do volume mínimo de 900 mil toneladas anuais de celulose de fibra curta, que será vendido com exclusividade pela Fibria em países fora da América do Sul. O volume adicional produzido pela nova fábrica será comercializado diretamente pela Klabin, sendo a celulose de fibra curta nos mercados do Brasil e da América do Sul, e a celulose de fibra longa e fluff no mercado global.

“O contrato entre Fibria e Klabin reflete a visão inovadora das duas companhias e cria uma nova referência no mercado. Tal iniciativa é positiva para ambas as partes, agregando eficiência logística, complementaridade estratégica, sinergias e criação de valor compartilhado”, afirma o presidente da Fibria, Marcelo Castelli.

“O Projeto Puma é o maior investimento da Klabin em seus 116 anos de história e marca o retorno da companhia ao mercado de comercialização de celulose. Aliar a reconhecida competência florestal e industrial da Klabin à experiência comercial da Fibria nesse mercado, em um contrato inédito no setor global de celulose, resultará em uma operação que beneficia ambas as empresas”, destaca o CEO da Klabin, Fabio Schvartsman.

O período do contrato será de 6 anos, sendo 4 anos com volume mínimo de 900 mil toneladas e 2 anos de redução gradual do volume do contrato (o chamado phase out). Os volumes do quinto ano e do sexto ano serão equivalentes a, respectivamente, 75% e 50% do volume entregue no quarto ano do contrato. O volume de vendas previsto em contrato poderá ser reduzido a qualquer tempo, mediante prévio aviso, em até 250 mil toneladas para eventual futura integração em papéis para embalagem da Klabin. O contrato poderá ser renovado mediante acordo das partes. O preço de venda terá por base o preço médio líquido praticado pela Fibria, base FOB (free on board) no Porto de Paranaguá (PR).

Projeto Puma

O Projeto Puma, nova fábrica de celulose da Klabin em construção na cidade de Ortigueira (PR), é o maior investimento da história da companhia. Com aporte de R$ 5,8 bilhões, excluindo-se ativos florestais, melhorias em infraestrutura e impostos, a Unidade terá capacidade para produzir, inicialmente, 1,5 milhão de toneladas de celulose, das quais 1,1 milhão de toneladas de celulose de fibra curta e 400 mil toneladas de celulose de fibra longa, parte dela convertida em fluff (utilizada em fraldas descartáveis e absorventes). A Klabin será a primeira empresa a fabricar a celulose fluff no Brasil, matéria-prima que hoje é 100% importada.

A fábrica será autossuficiente em geração de energia elétrica, com uma produção de 270 MW, dos quais 150 MW serão disponibilizados no sistema elétrico brasileiro – capacidade suficiente para abastecer uma cidade de meio milhão de habitantes. A inauguração da nova planta está prevista para o início de 2016.

 

Sobre a Fibria

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria é uma empresa 100% brasileira que procura atender, de forma sustentável, à crescente demanda global por produtos oriundos da floresta. Com capacidade produtiva de 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose e cerca de 17 mil trabalhadores, a companhia conta com unidades industriais localizadas em Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), além de Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint-venture com a Stora Enso.

A Fibria possui uma área florestal de aproximadamente 968 mil hectares, localizada em seis estados brasileiros (São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia e Mato Grosso do Sul). Deste total, mais de 343 mil hectares são destinados à conservação ambiental. A companhia tem uma forte atuação no mercado externo, exportando mais de 90% de sua produção para países da Europa, Ásia e América Latina e Estados Unidos. A Fibria tem ações negociadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE). A empresa faz parte das carteiras do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) da BM&F Bovespa e do DJSI (Índice Dow Jones de Sustentabilidade), da Bolsa de Nova York (NYSE).

Saiba mais em www.fibria.com.br

 

Sobre a Klabin   

 A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

Fechar
27/04/2015
Klabin realiza Parada Geral na Unidade Alegre Monte

Ação tem como objetivo garantir o bom funcionamento da fábrica

Telêmaco Borba, 27 de abril de 2015 – Entre os dias 11 e 21 de maio, a Klabin realizará na sua Unidade Monte Alegre (PR) a Parada Geral anual, que consiste na interrupção da produção de papel para a realização de manutenções que vão garantir o bom funcionamento dos equipamentos, a segurança e a qualidade do processo produtivo.

Nesses 10 dias, cerca de 100 empresas contratadas e 3 mil funcionários terceiros estarão envolvidos na Parada Geral. Entre as principais atividades previstas estão inspeções em caldeiras, digestores, sistemas de geração e distribuição de energia e de controle do processo produtivo. O número de trabalhadores terceiros demanda uma logística e uma infraestrutura que contemplam transporte, acomodações, refeições e outros itens que movimentam e incentivam a economia de Telêmaco Borba e região. A isso se somam outros benefícios, como os impostos gerados para o município e o movimento extra de hotéis, bares, restaurantes e lojas, além de serviços de suporte à permanência dos trabalhadores na cidade.

Durante os dias de Parada, variações de odores e ruídos provenientes da fábrica, especialmente nos dias 11 e 12, início das manutenções, e nos dias 20 e 21, retomada das operações dos equipamentos, poderão ser percebidos pela comunidade. É importante ressaltar que essas alterações não causam danos à saúde das pessoas e nem ao meio ambiente.

Em caso de dúvidas, a comunidade pode entrar em contato com a Klabin pelo telefone 0800 7280607, que funcionará 24 horas por dia.

Sobre a Klabin     

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

Fechar
10/04/2015
Klabin participa da 27º Feira de Cafés Especiais

Companhia apresenta embalagem exclusiva para o segmento em evento que acontece nos Estados Unidos, entre os dias 10 e 12 de abril.

São Paulo, 10 de abril de 2015 – A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, apresenta sua solução para ensaque de café em grão, durante a 27º Feira de Cafés Especiais. O evento acontece entre os dias 10 e 12 de abril, no Washington State Convention Center, em Seattle, nos Estados Unidos.

A embalagem para café produzida pela Klabin é fabricada com papel de alta resistência e pode ser impressa em até oito cores. Com capacidade para 30 quilos, é hermética devido ao sistema de fechamento e possui filme de alta barreira e proteção a luminosidade. “Essas características garantem segurança e qualidade ao produto, preservando as características originais do café. A embalagem ainda conta com um sistema denominado Easy Open, que facilita a abertura pelo cliente final”, explica Douglas Dalmasi, diretor da área de Sacos Industriais da Klabin.

Os sacos também podem ser armazenados com facilidade, permitindo acomodação de maneira organizada e segura, otimizando o espaço da área de estoque e o transporte da mercadoria. Produzido com matéria-prima proveniente de recursos renováveis, florestas plantadas e certificadas, a embalagem é 100% reciclável, assim como as demais embalagens da Klabin.

 

Sobre a Klabin     

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

 

Saiba mais em www.klabin.com.br.

Fechar
31/03/2015
Klabin realiza Parada Geral na Unidade Correia Pinto (SC)

Ação tem como objetivo garantir o bom funcionamento da fábrica

Correia Pinto, 31 de março de 2015 – Entre os dias 7 e 16 de abril, a Klabin realizará na sua Unidade Correia Pinto (SC) a Parada Geral anual, que consiste na interrupção da produção de papel para a realização de manutenções que vão garantir o bom funcionamento dos equipamentos, a segurança e a qualidade do processo produtivo.

Nesses 10 dias, cerca de 50 empresas contratadas e 1.500 funcionários terceiros estarão envolvidos na Parada Geral. Entre as principais atividades previstas estão inspeções em caldeiras, digestores, sistemas de geração e distribuição de energia e de controle do processo produtivo. O número de trabalhadores terceiros demanda uma logística e uma infraestrutura que contemplam transporte, acomodações, refeições e outros itens que movimentam e incentivam a economia de Correia Pinto e região. A isso se somam outros benefícios, como os impostos gerados para o município e o movimento extra de hotéis, bares, restaurantes e lojas, além de serviços de suporte à permanência dos trabalhadores na cidade.

Durante os dias de Parada, variações de odores e ruídos provenientes da fábrica, especialmente nos dias 7 e 8, início das manutenções, e nos dias 15 e 16, retomada das operações dos equipamentos, poderão ser percebidos pela comunidade. É importante ressaltar que essas alterações não causam danos à saúde das pessoas e nem ao meio ambiente.

Em caso de dúvidas, a comunidade pode entrar em contato com a Klabin pelo telefone 0800 7210228, que funcionará 24 horas por dia.

 

Sobre a Klabin     

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

Fechar
30/03/2015
Klabin conquista certificação ambiental para saco de cimento

Selo Ok compost atesta a biodegradabilidade dos sacos de papel para cimento da companhia, que é a primeira do setor de papel e celulose do Brasil a receber a certificação.

São Paulo, 30 de março de 2015 – A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é a primeira empresa brasileira do setor de papel e celulose a receber o selo OK compost, certificação internacional de biodegradabilidade. Os sacos industriais produzidos pela empresa, destinados ao mercado de cimento, ganharam a chancela após testes realizados pela Instituição Vinçotte, da Bélgica, credenciada pela Organic Waste System (OWS) – referência mundial no assunto.

 

A certificação assegura que o saco de papel para cimento da Klabin se decompõe completamente após o uso, em compostagem industrial. O selo também atesta que a tinta e a cola utilizadas no processo de produção não interferem na biodegradabilidade do produto.

 

Este é mais um reconhecimento que reforça o pioneirismo da Klabin em soluções sustentáveis. O selo destaca o engajamento da companhia com as melhores práticas do mercado e com a qualidade de toda sua produção. “A conquista da certificação OK compost reflete o compromisso da Klabin com o desenvolvimento sustentável em toda a sua cadeia. A companhia investe continuamente em soluções ecologicamente sustentáveis e tem alcançado importantes resultados nesse sentido”, ressalta Douglas Dalmasi, diretor da área de Sacos Industriais da Klabin.

 

Sobre a Klabin 

 

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, é líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 14 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

 

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&Fbovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

 

Saiba mais em www.klabin.com.br

Fechar