Releases

09/04/2014
Unidade da Klabin em São Leopoldo reaproveita 64% de seus resíduos

Fábrica também reduziu em 20% o volume gerado de 2009 a 2013

A Unidade São Leopoldo da Klabin, seguindo as diretrizes promovidas pela companhia em todas as suas fábricas, alcançou índices que são referência em sustentabilidade ambiental. A fábrica atingiu a marca de 64% de reaproveitamento dos resíduos resultantes do processo produtivo e reduziu em 20% os rejeitos gerados de 2009 a 2013.

Para chegar ao resultado, a Klabin investiu fortemente na conscientização de seus colaboradores, com treinamentos e palestras, e firmou parcerias com outras empresas. Dentre os materiais que são reaproveitados estão a madeira, que obedece o ciclo da logística reversa e serve como combustível, o plástico, que segue para cooperativas de reciclagem, e o lodo da estação de tratamento de efluentes, que é transformado em adubo orgânico. As conquistas reafirmam o compromisso da Klabin com o meio ambiente, tomando como base a política dos 3 R's - reduzir, reutilizar e reciclar.

São Leopoldo é uma importante cidade para a Klabin. A empresa está presente no município desde 1981 e produz na unidade embalagens de papelão ondulado para diferentes setores da indústria. Atualmente, a capacidade da produção local é de 47 mil toneladas/ano.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:

Grupo Máquina PR
Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
28/03/2014
Klabin reduz consumo de água em 54% nos últimos três anos, em Otacílio Costa (SC)

Unidade atingiu índice de 28 metros cúbicos de água para cada tonelada de papel para embalagem produzido

A preservação do meio ambiente é uma prioridade para a Klabin, faz parte da gestão da companhia e do dia-a-dia das unidades fabris. E, a água, como importante item para produção de papel e celulose, não poderia estar de fora das maiores ações ambientais da empresa.

Cada fábrica da Klabin tem metas próprias de redução de consumo de água e a companhia atua ano a ano para reduzir ainda mais os indicadores. Um exemplo é o trabalho realizado em Santa Catarina e que se tornou benchmarking internacional no assunto. A Unidade Otacílio Costa, localizada a 223 km da capital catarinense, atingiu o índice de 28 metros cúbicos de água para cada tonelada de papel para embalagem produzido - uma redução 54% em comparação a 2009.

Para alcançar o resultado foi investido R$ 2 milhões. A empresa adquiriu equipamentos para o ciclo de água se tornar fechado, realizou treinamentos periódicos com os funcionários sobre o assunto e implementou torres de resfriamento de água com capacidade de 1.500 m3/h.

Sobre a Klabin 
A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

Fechar
19/03/2014
Klabin lança Pedra Fundamental e apresenta projeto da nova fábrica em Ortigueira

Evento contou com a presença do Governador do Estado, Beto Richa, autoridades locais e executivos e conselheiros da companhia

A Klabin realizou na tarde desta quarta-feira, 19, o evento de descerramento da Pedra Fundamental da nova unidade de celulose da empresa, o Projeto Puma. A fábrica, com inauguração prevista para 2016, terá investimento de R$ 5,8 bilhões, excluindo-se ativos florestais, melhorias em infraestrutura e impostos.

O evento, realizado no canteiro de obras do projeto, reuniu aproximadamente 600 convidados, entre prefeitos e autoridades de 12 municípios, e o governador do Estado do Paraná, Beto Richa, que reforçou a importância do investimento para a região. “Este empreendimento da Klabin é um marco do novo Paraná. É o maior investimento privado da história do nosso Estado, que começou a ser erguido a partir do bom diálogo entre a empresa e o governo estadual”, destacou. “Além da importância econômica, a nova fábrica traz como diferencial o apoio ao desenvolvimento de uma importante região do Paraná. São 12 cidades que recebem impactos positivos diretos, com a geração de impostos e oportunidades de trabalho.”

Para Fabio Schvartsman, diretor geral da Klabin, “este é o início de um novo ciclo de crescimento da empresa, que irá dobrar seu volume de produção em três anos. Essa fábrica está sendo construída para ser uma das mais produtivas do mundo”. O executivo destacou ainda a importância histórica da nova planta. “A Klabin tem 115 anos de história e 80 anos no Paraná e ainda tem muita energia para empreender um projeto deste tamanho”.

Durante a cerimônia, Pedro Piva, membro do Conselho de Administração da Klabin, recebeu o Título de Cidadão Honorário de Telêmaco Borba. A homenagem foi concedida pela Câmara do Município e faz referência à história da empresa na Cidade. “A primeira geração da família Klabin fundou a empresa, a segunda geração fez Monte Alegre e a terceira geração está fazendo o Projeto Puma.”

Em seu discurso, a prefeita Lourdes Banach, disse que Ortigueira é privilegiada por receber um empreendimento deste porte que marca o início de uma nova era. “A população está esperançosa e preparada para esse novo momento”, destacou.

Oportunidade de desenvolvimento
Com a nova fábrica, serão realizadas obras de infraestrutura e haverá aumento das oportunidades econômicas e sociais, geração de renda, qualificação profissional e incremento na arrecadação de impostos, contribuindo para o desenvolvimento regional.

Divisão de ICMS
Um convênio assinado entre o Governo do Estado, Klabin e municípios da região definiu que o ICMS proveniente das operações da nova fábrica seja dividido entre doze municípios.

Ortigueira ficará com 50% desse imposto e os 50% restantes serão divididos entre Cândido de Abreu, Congonhinhas, Curiúva, Imbaú, Reserva, Rio Branco do Ivaí, São Jerônimo da Serra, Sapopema, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania. A divisão será baseada em critérios como a população e o índice de desenvolvimento social de cada município.

Geração de empregos
Cerca de 85% dos trabalhadores empregados atualmente (etapa de terraplanagem) no Projeto Puma são provenientes dos municípios vizinhos ao empreendimento.

No auge da construção, a previsão é que 8,5 mil pessoas estejam trabalhando no canteiro de obras. Quando estiver em operação, a nova unidade terá 1,4 mil postos de trabalho entre os setores fabril e florestal.

Capacitação
Para dar mais oportunidades aos moradores da região, a Klabin tem apoiado o treinamento e a capacitação por meio de cursos gratuitos, oferecidos em parceria com a Secretaria do Trabalho e o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego). Desde abril de 2013, mais de 400 alunos de Imbaú, Ortigueira e Telêmaco Borba formaram-se em diversas áreas. Novas turmas devem ser abertas ao longo deste ano.

Melhorias na infraestrutura regional
Em maio de 2013, foi firmado um protocolo de intenções entre o Governo do Estado do Paraná e a Klabin para investimentos em infraestrutura regional pública. Entre as obras previstas estão a construção de um ramal ferroviário; linhas de transmissão e obras em cerca de 100 quilômetros de estradas, como a pavimentação das estradas da Campina e Minuano; melhoria da Estrada Estratégica e construção de uma nova estrada na margem direita do rio Tibagi.

Eficiência energética
A fábrica em Ortigueira será autossuficiente na geração de energia elétrica, com uma produção de 270 MW de energia. Desse total, a previsão é que 120 MW sejam utilizados para consumo próprio da Klabin e os 150 MW excedentes – energia suficiente para abastecer uma cidade de meio milhão de habitantes, como Londrina (PR) – sejam disponibilizados no sistema elétrico brasileiro. Dessa forma, toda a energia produzida pela Klabin será limpa, sem queima de combustíveis fósseis e provenientes de fontes renováveis.

Competitividade
Do total de florestas plantadas com pinus e eucalipto, 107 mil hectares irão garantir o abastecimento de madeira da nova fábrica. O raio médio entre as florestas e a planta é de 72 km, o que assegura a competitividade e o baixo custo do transporte da madeira. O escoamento de parte da produção será feito por ferrovia até o porto de Paranaguá.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:
Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
13/03/2014
Klabin realiza Parada Geral na Unidade Correia Pinto

Ação tem como objetivo garantir o bom funcionamento da fábrica

Entre os dias 18 e 27 de março, a Unidade de Correia Pinto (SC) da Klabin realizará sua Parada Geral anual, procedimento obrigatório que consiste na interrupção da produção de papel e visa garantir que todas as manutenções necessárias para o bom funcionamento da planta sejam feitas com qualidade e segurança. Esta é uma ação comum no setor de papel e celulose e acontece anualmente nas unidades da companhia.

Durante esses 10 dias, cerca de 66 empresas contratadas e 1.347 colaboradores temporários estarão envolvidos na Parada Geral. Dentre as principais atividades previstas estão a inspeção de caldeiras, digestores, sistemas de geração e distribuição de energia e de controle do processo produtivo. O número de trabalhadores temporários demanda uma logística e uma infraestrutura que contemplam transporte, acomodações e refeições, entre outros itens que movimentam e incentivam a economia da cidade de Correia Pinto e região. A isso se somam outros benefícios, como os impostos gerados para o município e o movimento extra de hotéis, bares, restaurantes e lojas, além de serviços de suporte à permanência dos trabalhadores na cidade.

Durante os dias de Parada, variações de odores e ruídos provenientes da fábrica - especialmente nos dias 18 e 19, início da Parada, e nos dias 26 e 27, retomada das operações dos equipamentos - poderão ser percebidos pela comunidade. É importante ressaltar que essas alterações não causam danos à saúde das pessoas, nem ao meio ambiente.

A Klabin disponibiliza um canal exclusivo de atendimento à comunidade que funciona 24 horas por dia. Em caso de dúvidas referentes a qualquer atividade relacionada à Klabin, a comunidade pode utilizar o telefone 0800 721 002 28.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:
Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
11/03/2014
Klabin doará 26 mil caixas e 100 mil sacolas à Campanha do Agasalho 2014

Pelo terceiro ano consecutivo, a empresa fornecerá caixas de papelão ondulado e sacolas de papel para a distribuição das doações aos beneficiados.

A Klabin será responsável pela doação das 26 mil caixas de papelão ondulado que serão utilizadas em todo o Estado de São Paulo para a arrecadação de peças de roupas da Campanha do Agasalho 2014, promovida pelo Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP).

Pelo terceiro ano consecutivo, a empresa também fornecerá sacolas de papel para a distribuição das doações aos beneficiados. Ao todo, serão 100 mil sacolas destinadas à ação. Com isto, a companhia se mantém como a maior parceira da Campanha.

A Klabin apoia a Campanha do Agasalho há mais de dez anos. As caixas de papelão e as sacolas de papel que serão doadas, assim como todos os papéis e as embalagens da Klabin, são 100% recicláveis e biodegradáveis, produzidas com matéria-prima proveniente de florestas plantadas e certificadas.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:
Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
25/02/2014
Klabin investe R$ 13,3 milhões em projetos sociais em 2013

Aporte foi destinado a todas as cidades brasileiras em que a companhia atua

A Klabin, que tem como um dos pilares de atuação o investimento em iniciativas socioambientais, encerrou o ano de 2013 com o total de R$ 13,3 milhões aplicados em projetos sociais. O recurso foi destinado a todas as 13 cidades onde a Klabin mantém unidades fabris no Brasil, e contemplou ações dos setores de cultura, assistência social, saúde, educação, esporte e meio ambiente.

A companhia investiu em mais de 160 projetos. Um deles é o Projeto Luteria, conduzido pelo Instituto Federal do Paraná (IFPR), que tem como objetivo formar profissionais técnicos na área musical, oferecendo cursos para a construção de instrumentos de corda e madeira.

Na área de assistência social, a companhia firmou parceria com o Instituto Marfrig para apoiar a criação de dez casas-sede para atividades que promovem o voluntariado e conceitos de cidadania para crianças e jovens (entre 6 e 16 anos). Nelas os estudantes realizarão tarefas educativas e recreativas enquanto não estiverem em horário de aula. Além disso, durante a Campanha do Agasalho, a companhia doou mais de 25 mil caixas de papelão e 100 mil sacolas no Estado de São Paulo.

Com relação aos projetos com foco ambiental, a Klabin está presente em diversas regiões por meio do Projeto Caiubi, que dissemina conceitos de consciência ecológica para professores e alunos de municípios catarinenses e paranaenses. Outro projeto de destaque é o Guardiões da Natureza, no qual, em parceria com a Polícia Ambiental do Paraná e de Santa Catarina, a companhia difunde conceitos de preservação do meio ambiente e cidadania para alunos da rede pública.

A empresa também possui parceria com diversas escolas do Brasil, e é mantenedora de associações sociais, como o Instituto Marquês de Salamanca, no Rio de Janeiro, que promove educação infantil e cidadania aos moradores da comunidade de Santa Teresa.

Para 2014, a Klabin tem em seu planejamento o objetivo de ampliar as ações voltadas ao desenvolvimento das comunidades em que atua, valorizando suas principais iniciativas e avaliando novas oportunidades de investimento.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:

Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
17/01/2014
Klabin reduz em 61% a emissão de CO2 em suas unidades

Companhia também apresenta os índices alcançados em diminuição de consumo de água e óleo

São Paulo, 17 de janeiro de 2014- Maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, a Klabin investe constantemente em projetos que reduzam o impacto de suas operações no meio ambiente. Como resultado do trabalho feito em cada unidade fabril, a companhia encerrou os últimos anos com excelentes índices.

Entre 2004 e 2012, a companhia reduziu 61% dos Gases de Efeito Estufa (GEE) na emissão de kg de CO2 equivalente por tonelada de papel produzido. A empresa também diminuiu o consumo de óleo nos últimos cinco anos. Foram reduzidos aproximadamente 57 mil toneladas/ano - ou o equivalente a 171 mil toneladas de CO2/ano a menos lançadas na atmosfera.

Em consumo de água, um dos melhores índices da empresa está na Unidade Otacílio Costa, em Santa Catarina, que em 2013 utilizou menos de 28 metros cúbicos de água para cada tonelada de papel produzido. O índice é um dos melhores do setor e foi atingido após a implementação de um projeto para otimizar a refrigeração do processo produtivo.

Sobre a Klabin 
A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

Informações para a Imprensa:
Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
08/01/2014
Klabin ingressa no Nível 2 de governança corporativa

Klabin consolida emissão de debêntures e ingressa no Nível 2 de governança corporativa

A Klabin anuncia a conclusão da emissão de debêntures obrigatoriamente conversíveis em ações da companhia, totalizando a captação de R$ 1,7 bilhão. Com isso, a empresa considera bem-sucedida a capitalização para viabilizar o Projeto Puma - nova fábrica de celulose no Paraná. Efetiva-se também o novo Estatuto Social da companhia que, entre outras alterações, prevê a adesão da Klabin ao segmento especial de listagem Nível 2 da BM&FBOVESPA, com padrões de governança corporativa mais elevados. As ações da empresa passam a ser negociadas no Nível 2 a partir do dia 9 de janeiro.

A companhia informa ainda que será implementado o programa de emissão de certificados de depósito de ações (“Units”) compostos por uma ação ordinária e quatro ações preferenciais. O início das negociações das Units será no dia 10 de janeiro.

A nova fábrica de celulose da Klabin demandará investimentos totais de R$ 5,8 bilhões, excluindo-se ativos florestais, melhorias em infraestrutura e impostos. Instalada na cidade de Ortigueira e com inauguração prevista para o primeiro trimestre de 2016, a nova unidade terá capacidade anual de produção de 1,5 milhão de toneladas, sendo 1,1 milhão de toneladas de fibra curta e 400 mil toneladas de fibra longa, parte dela convertida em fluff. Com isso, a capacidade de produção da Klabin irá dobrar em três anos.

Sobre a Klabin 
A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

Informações para a Imprensa: 
Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
19/12/2013
Projeto Decolar, da Klabin, atinge 10 mil pessoas em Telêmaco Borba em 2013

A vencedora foi a Escola Municipal Presidente Castelo Branco, que ganhou uma festa especial para seus 247 alunos

Com objetivo de difundir a cultura de segurança nos bairros localizados próximo ao aeroporto da cidade, o Projeto Decolar, desenvolvido pela Klabin, lançou um desafio para cinco escolas da região. Os alunos deveriam abordar as pessoas da comunidade e repassar as orientações de segurança que aprenderam em sala de aula. Ao todo, a iniciativa impactou 10 mil moradores, em 2013, aproximadamente 14% da população da cidade.

A escola vencedora foi a Escola Municipal Presidente Castelo Branco, que ganhou uma festa especial para seus 247 alunos, com diversas atrações de entretenimento.

Envolvendo crianças entre 7 e 10 anos, que são chamadas de “pilotos”, o Projeto Decolar é desenvolvido pela Klabin com o apoio da Secretaria Municipal de Educação de Telêmaco Borba, do Exército e da Polícia Militar e visa maximizar a cultura de segurança ao redor do aeroporto da cidade, protegendo as pessoas que vivem no local e contribuindo para a conservação do patrimônio.

Resultado Final 2013
1º lugar: Escola Municipal Presidente Castelo Branco
2º lugar: Escola Municipal Profª Juventina Betim da Silva
3º lugar: Escola Municipal Gonçalves Lêdo
4º lugar: Escola Municipal São Silvestre
5º lugar: Escola Municipal Paulo Freire

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

A gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Por isso, é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:
Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
13/12/2013
Klabin realiza palestra show com Carlos Hilsdorf

Durante o encontro, que reuniu 230 pessoas, o economista ministrou a palestra “Vencer Limites e Implantar Soluções”

Em comemoração aos 10 anos do Sistema Integrado de Gestão e do Programa Klabin Superar, a Klabin realizou na quinta-feira, 12, na Associação Empresarial de Lages-ACIL, evento para colaboradores e convidados das Unidades Correia Pinto e Otacílio Costa. Durante o encontro, que reuniu 230 pessoas, o economista Carlos Hilsdorf fez a palestra “Vencer Limites e Implantar Soluções”, que tem como principal objetivo destacar a importância da superação e implantar sistemas de forma eficiente e inovadora.

Reconhecido por receber o prêmio “Mérito Empresarial”, concedido pela Academia Brasileira de Artes, Cultura e História, Carlos Hilsdorf é considerado, atualmente, um dos mais importantes palestrantes brasileiros.

Sobre a Klabin
A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:
Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
05/12/2013
Klabin apresenta Cantata Natalina 2013 no Hotel Ikapê

Apresentação será feita pelas Meninas Cantoras da Klabin

A Klabin apresenta, nos dias 10, 11 e 12 de dezembro, às 20h30, a Cantata Natalina 2013. As apresentações das Meninas Cantoras da Klabin, que acontecem no Hotel Ikapê, recordarão a tradição do natal, por meio de cantigas como Jingle Bells, Noite Feliz e Alegria de Natal, entre outras.

O espetáculo, que será aberto ao público e terá entrada gratuita, tem como objetivo mostrar o resultado das atividades realizadas durante o ano pelas integrantes do programa para seus familiares e para a comunidade local.

Meninas Cantoras da Klabin é composto por meninas com idade entre 7 e 17 anos, filhas de colaboradores da Unidade Monte Alegre (PR) e jovens da comunidade. O projeto proporciona o contato com a música, o estudo de teoria musical, ritmo e técnica vocal, além do desenvolvimento do companheirismo.

Agenda:

Cantata Natalina 2013
Data: 10, 11 e 12 de dezembro de 2013 (3ª, 4ª e 5ª feira)
Horário: às 20h30
Local: Hotel Ikapê – Fazenda Monte Alegre – Harmonia – Telêmaco Borba
Entrada gratuita

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

A gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Por isso, é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:
Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
30/11/2013
Acionistas aprovam condições para capitalização do maior investimento da história da Klabin

Com a aprovação, companhia avança na captação de recursos para construção de nova fábrica de celulose no Paraná e garante sua migração para o Nível 2 de governança da BM&FBovespa; Conselho de Administração da companhia aprovou, nesta mesma data, a emissão de debêntures mandatoriamente conversíveis no valor total de R$ 1,7 bilhão.

Em Assembleia Geral Extraordinária e Assembleia Especial de Acionistas Preferencialistas, realizadas nesta quinta-feira, os acionistas da Klabin aprovaram as propostas necessárias para o sucesso da capitalização da companhia para a construção da nova fábrica de celulose no Paraná, o Projeto Puma.

Entre as matérias votadas, destaca-se a adaptação do Estatuto Social da Klabin para as exigências do regulamento do Nível 2 da BM&FBovespa, com padrões de governança corporativa mais elevados. Além disso, a partir de agora, os acionistas preferencialistas contarão com Tag Along de 100%. O mecanismo garantirá um maior alinhamento de interesses entre potenciais investidores, acionistas e demais stakeholders.

Com a decisão das assembleias, o Conselho de Administração da Klabin aprovou, nesta mesma data, a emissão de debêntures no valor total de R$ 1,7 bilhão. A Klabin já assinou contrato com investidores, avançando no processo de captação de recursos para a construção da nova fábrica.

“Este é o início de um novo ciclo de crescimento da Klabin, que levará a companhia a dobrar seu volume de produção em três anos. É o maior investimento da Klabin em seus 115 anos de história”, ressalta Fabio Schvartsman, Diretor Geral da Klabin.

Projeto Puma
O Projeto Puma demandará investimentos totais de R$ 5,8 bilhões, excluindo-se ativos florestais, melhorias em infraestrutura e impostos. A nova fábrica, instalada na cidade de Ortigueira (PR), tem inauguração prevista para o primeiro trimestre de 2016.

Com a nova unidade, a capacidade de produção da Klabin irá dobrar em três anos. A fábrica terá capacidade anual de produção de 1,5 milhão de toneladas, sendo 1,1 milhão de toneladas de fibra curta e 400 mil toneladas de fibra longa, parte dela convertida em fluff.

A celulose fluff, utilizada principalmente na produção de fraldas e papéis absorventes, deve abastecer o mercado nacional, que hoje importa esta matéria-prima. A celulose de fibra curta e de fibra longa será destinada principalmente à exportação. O mix de produtos proposto permite à operação atender às demandas do mercado com foco em produtos de consumo, proporcionando menor volatilidade, geração de fluxo de caixa estável e venda de produtos com maiores margens.

A fábrica será autossuficiente na geração de energia elétrica, com uma produção de 260 MW de energia. Desse total, a previsão é que 110 MW serão utilizados para consumo próprio da Klabin e os 150 MW excedentes – energia suficiente para abastecer uma cidade de meio milhão de habitantes, como Londrina (PR) – disponibilizados no sistema elétrico brasileiro.

Do total de florestas plantadas com pinus e eucalipto, 107 mil hectares irão garantir o abastecimento de madeira da nova fábrica. O raio médio entre as florestas e a planta é de 74 km, o que assegura a competitividade e o baixo custo de transporte de madeira. O escoamento de parte da produção será feito por ferrovia até o porto de Paranaguá.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

A gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Por isso, é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:
Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
29/11/2013
Klabin integra pela primeira vez Índice de Sustentabilidade da BM&FBovespa

Índice reúne as empresas que mais se destacaram pelo comprometimento com a sustentabilidade

Pela primeira vez, a Klabin integra o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. A nova carteira, que estará em vigor entre 6 de janeiro de 2014 e 2 de janeiro de 2015, reúne 51 ações de 40 companhias que se destacam pelo alto grau de comprometimento com a sustentabilidade dos negócios e do país.

“Essa conquista reforça nosso compromisso histórico com o desenvolvimento sustentável. Para a Klabin, a sustentabilidade está presente em toda a cadeia de valor, desde a nossa base florestal diferenciada até o relacionamento com nossos parceiros, que nos permite oferecer produtos de qualidade. Somos pioneiros nas certificações mais avançadas do setor e agora contamos com mais este reconhecimento do mercado”, destaca Fabio Schvartsman, Diretor Geral da Klabin.

As empresas selecionadas representam 18 setores e somam R$ 1,14 trilhão em valor de mercado, o equivalente a 47,16% do total do valor das companhias com ações negociadas na bolsa de valores até 26 de novembro de 2013. A seleção é realizada com base em critérios estabelecidos pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo, da Fundação Getúlio Vargas (EAESP-FGV).

Sobre o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE)

O Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) foi criado em dezembro de 2005 pela Bolsa e busca avaliar de forma integrada os diferentes aspectos da sustentabilidade. Seus objetivos são atuar como indutor de boas práticas no meio empresarial brasileiro e ser uma referência para o investimento socialmente responsável.

O Conselho do ISE é presidido pela BM&FBOVESPA e por associações do mercado.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

A gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Por isso, é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:

Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
28/11/2013
Klabin e Polícia Ambiental celebram a formatura da 2ª turma de Protetores Ambientais em Correia Pinto

Após participarem de curso promovido pela Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina, os estudantes acompanharam acampamento de dois dias

A Klabin apoia a formatura do Programa de Protetores Ambientais, promovido em parceria com a Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina. O objetivo do programa é fazer com que os estudantes se tornem propagadores dos conceitos de preservação ambiental, auxiliando a comunidade e atuando como vigilantes ecológicos. O evento realizado no dia 27 de novembro no Centro de Eventos de Correia Pinto, contou com a presença de representantes da Klabin, autoridades da Prefeitura e da Polícia Ambiental.

Os formandos, estudantes de escolas da rede pública e privada de ensino, tiveram 180 horas de aula ministradas pela Polícia Militar Ambiental sobre preservação ambiental, poluição – do ar, da água e do solo – e reciclagem, e aprenderam na prática a cuidar da natureza. No final do curso, participaram de dois dias de acampamento. Nessa atividade, eles tiveram aulas diurnas e noturnas para estimular os sentidos - audição, visão, olfato e tato - o espírito de equipe, a liderança, assim como instruções de primeiros socorros e prevenção de incêndio com o Corpo de Bombeiros.

O Programa Protetores Ambientais é uma iniciativa da Polícia Militar Ambiental e fruto de importantes parcerias com a Prefeitura, por meio de sua Secretaria Municipal de Educação, e com a Klabin e já beneficiou mais de 490 adolescentes da região serrana de Santa Catarina.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

A gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Por isso, é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:

Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
27/11/2013
Klabin doa ônibus adaptado à APAE de Lages

Doação faz parte da série de investimentos sociais que a Klabin promove nas cidades em que está presente

A Klabin realizou nesta quarta-feira, 27/11, pela tarde, a doação de um ônibus adaptado para transporte de crianças com deficiência intelectual ou motora para a APAE (Associação de Pais Amigos dos Excepcionais) de Lages. A entrega do veículo aconteceu na própria sede da associação e contou com a presença da Coordenadora de Gente e Gestão das unidades de Lages I e II da Klabin, Rita de Cássia Assunção, do Gerente de Desenvolvimento de Produtos da empresa, Aluisio Ramos Guedes, do Presidente da APAE Lages, Leoclides Manfredi e da diretora da APAE, Vera Silveira da Silva.

O ônibus, totalmente adaptado de acordo com as normas da ABNT, possui todos os itens que garantem a segurança e o conforto dos passageiros. Entre os principais diferenciais estão a rampa móvel de acesso e a plataforma elevatória, que auxiliam no acesso ao veículo, e a cadeira de transbordo, que permite o deslocamento da pessoa com deficiência até o assento a ela destinado.

A doação faz parte da série de investimentos sociais que a Klabin promove nas cidades em que está presente e conta com o apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

A gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Por isso, é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:

Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 |carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 |tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448| fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar