Releases

08/07/2014
Bombeiros de Ponta Grossa fazem treinamento na Klabin

Bombeiros do curso de formação de Ponta Grossa irão realizar um treinamento em Monte Alegre

Telêmaco Borba, 8 de julho de 2014 - A Klabin informa que no dia 9 de julho, entre 8h e 17h30, cerca de 30 bombeiros do curso de formação de Ponta Grossa irão realizar um treinamento em Monte Alegre, no campo de instrução dos Bombeiros. Durante o período, haverá emissão de fumaça escura, resultado da queima de uma substância não tóxica (terebintina) e, portanto, inofensiva, que se dissipa rapidamente no ar e é usada nesse tipo de treinamento.
A Klabin reforça que todas as normas de segurança e meio ambiente serão respeitadas na condução do curso de formação dos brigadistas.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:

Grupo Máquina PR

Informações para a Imprensa:
Grupo Máquina PR
Tacila Marcondes | (11) 3147-7453 tacila.marcondes@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
30/06/2014
Klabin lança Relatório de Sustentabilidade 2013

Em sua 15ª edição, o relatório busca ampliar o diálogo da companhia com seus diversos públicos

São Paulo, 30 de junho de 2014 – Para apresentar seus avanços, apontar aspectos que ainda precisam de evolução e, principalmente, ampliar sua comunicação com seus diferentes públicos, a Klabin apresenta seu Relatório de Sustentabilidade 2013. O período foi marcado por importantes decisões para a companhia, que permitiram à companhia consolidar as condições para o maior crescimento de sua história, que neste ano completa 115 anos.

Entre os destaques do relatório está o Projeto Puma, nova fábrica de celulose em construção na cidade de Ortigueira (PR). Prevista para entrar em operação em 2016, a unidade será responsável pela produção de 1,1 milhão toneladas de celulose de fibra curta e 400 mil de celulose fibra longa, que pode ser convertida em celulose fluff e destinada para produção de itens como fraldas e absorventes.

O material também cita as ações da Klabin focadas no combate ao trabalho infantil e análogo ao escravo, a erradicação de práticas de discriminação e assédio, a valorização da diversidade e a definição de diretrizes e metas de combate às mudanças climáticas O relatório também traz informações sobre o desempenho econômico-financeiro da empresa , que no ano passado registrou o melhor ano de sua história, atingindo o EBITDA recorde de R$ 1,5 bilhão.

Essas e outras iniciativas sobre a atuação sustentável da Klabin estão disponíveis no Relatório de Sustentabilidade 2013 da empresa, elaborado com base nas orientações da Global Reporting Initiative (GRI), organização não-governamental referência em metodologia para a prestação de contas aos públicos de interesse de corporações do mundo todo.

Acesse o Relatório de Sustentabilidade pelo site klabin.com.br.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:

Grupo Máquina PR
Tacila Marcondes | (11) 3147-7453 tacila.marcondes@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
25/06/2014
Klabin realiza doação ao Fundo da Infância e Adolescência de São Paulo

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do País, realizou doação de R$ 1.150.000,00 ao Fundo da Infância e Adolescência (FIA).

São Paulo, 25 de junho de 2014 - A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do País, realizou doação de R$ 1.150.000,00 ao Fundo da Infância e Adolescência (FIA). O valor, que será utilizado durante o ano de 2014, foi dividido entre todos os municípios onde a empresa está presente, entre eles a cidade de São Paulo.

Os recursos doados foram destinados ao Centro Israelita de Apoio Multidisciplinar (CIAM), para a execução de dois projetos. O primeiro disponibiliza recursos e serviços para famílias carentes com crianças entre três e 24 meses, que apresentaram algum tipo de complicação no momento do parto ou durante seu desenvolvimento. O segundo tem o objetivo de auxiliar bebês de seis a 18 meses que nasceram prematuros e podem sofrer atraso em seu desenvolvimento.

A Klabin acompanhará o andamento das iniciativas junto à comunidade e às instituições beneficiadas.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Fechar
24/06/2014
Klabin realiza doação ao Fundo da Infância e Adolescência de Otacílio Costa

Recursos serão utilizados em projetos destinados à crianças e adolescentes da região

Otacílio Costa, 24 de junho de 2014 - A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do País, realizou doação de R$ 1.150.000,00 ao Fundo da Infância e Adolescência (FIA). O valor, que será utilizado durante o ano de 2014, foi dividido entre todos os municípios onde a empresa está presente, entre eles Otacílio Costa.

Os recursos doados serão destinados a projetos de atendimento à criança e ao adolescente escolhidos pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente ao longo do ano e a Klabin acompanhará as iniciativas com o intuito de se manter próxima à comunidade e às instituições beneficiadas.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Fechar
24/06/2014
Klabin realiza doação ao Fundo da Infância e Adolescência de Lages

Recursos serão utilizados em projetos destinados à crianças e adolescentes da região

Lages, 24 de junho de 2014 - A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do País, realizou doação de R$ 1.150.000,00 ao Fundo da Infância e Adolescência (FIA). O valor, que será utilizado durante o ano de 2014, foi dividido entre todos os municípios onde a empresa está presente, entre eles a cidade de Lages.

Os recursos doados serão destinados à reforma do Hospital Infantil Seara do Bem, localizado no bairro Conta Dinheiro. A Klabin acompanhará as iniciativas com o intuito de se manter próxima à comunidade e às instituições beneficiadas.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Fechar
14/06/2014
Klabin realiza doação ao Fundo da Infância e Adolescência de Guapimirim

Recursos serão utilizados em projetos destinados à crianças e adolescentes da região

Guapimirim, 24 de junho de 2014 -A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do País, realizou doação de R$ 1.150.000,00 ao Fundo da Infância e Adolescência (FIA). O valor, que será utilizado durante o ano de 2014, foi dividido entre todos os municípios onde a empresa está presente, entre eles a cidade de Guapimirim.

Os recursos doados serão destinados a projetos de atendimento à criança e ao adolescente escolhidos pelo FIA ao longo do ano. A Klabin acompanhará as iniciativas com o intuito de se manter próxima à comunidade e às instituições beneficiadas.

Em 2013, por ter sido a maior doadora ao FIA no ano, a Klabin foi condecorada com o selo de Responsabilidade Social Parceiro da Criança e do Adolescente de Guapimirim.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Fechar
02/06/2014
Klabin cria ação especial para o Dia Mundial do Meio Ambiente

“Na prática. Pra valer. É assim que funciona o respeito ao meio ambiente na Klabin”, é o mote para ressaltar as ações ambientais da empresa; Até sexta-feira (6/6), serão exibidos cinco vídeos no site da companhia

Para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, a Klabin disponibiliza em seu site uma série com cinco vídeos, que serão postados diariamente durante esta semana. O objetivo da ação é difundir tanto para o público externo como interno as ações da companhia, reforçando o papel fundamental da sustentabilidade no histórico da empresa. Com o mote: “Na prática. Pra valer. É assim que funciona o respeito ao meio ambiente na Klabin”, a campanha é assinada pela Agência Nuts.

Os vídeos, com duração média de dois minutos, abordam as iniciativas desenvolvidas em diversos segmentos, como tratamento de efluentes, certificações ambientais, reaproveitamento de subprodutos e redução de energia e emissão de CO2. Os materiais foram produzidos nas unidades fabris e têm como protagonistas os próprios colaboradores, que são os responsáveis por tornar a Klabin referência em meio ambiente.

Confira os vídeos em www.klabin.com.br.

2/6 – Água e Efluentes
3/6 – Resíduos
4/6 – Certificação
5/6 – Energia
6/6 – Emissões Atmosféricas

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).
Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:

Grupo Máquina PR
Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
23/05/2014
Klabin apresenta sua Unidade de Conservação em Santa Catarina

Com quase 5 mil hectares, RPPNE Complexo Serra da Farofa já identificou 600 espécies da flora e 75 da fauna

Santa Catarina, 23 maio de 2014– A Klabin, reforçando seu compromisso histórico com o desenvolvimento sustentável, apresenta sua primeira Reserva Particular do Patrimônio Natural Estadual (RPPNE), em Santa Catarina. Com isso, a companhia, que está presente há mais de quatro décadas no Estado, conservará uma área de 4.987 hectares. A iniciativa conta com o apoio da Fundação do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (Fatma).

A RPPNE Complexo Serra da Farofa está dividida em seis grandes blocos localizados nos municípios catarinenses de Painel, Urupema, Rio Rufino, Urubici e Bocaina do Sul e ainda reúne as nascentes dos rios Caveiras e Canoas, que têm grande importância para a região. A área deverá ser utilizada para a realização de pesquisas científicas e contribuirá para a conservação de importante remanescente da Mata Atlântica, composta por Floresta de Araucárias e Campos de Altitude. “Para a Klabin, preservar uma área desta extensão e com uma biodiversidade tão rica evidencia o quanto a companhia está comprometida com um modelo de gestão que une a preservação ambiental e a geração de conhecimento científico ao desempenho de seus negócios e o desenvolvimento das regiões onde atua”, afirma José Totti, Diretor Florestal da Klabin.

Essa é a segunda RPPN mantida pela Klabin. A primeira, localizada dentro da Fazenda Monte Alegre, em Telêmaco Borba (PR), possui 3.852 hectares e foi criada em 1998. Além das pesquisas e fornecimento de sementes de espécies florestais para restauração de áreas degradadas, a RPPN serve como suporte para a geração de informações para os programas socioambientais da empresa, como por exemplo, o Programa Matas Legais e o Programa Caiubi, que na região já realizou mais de 3,5 mil treinamentos com professores de 771 escolas, beneficiando 240 mil estudantes.

Sobre a Klabin

A Klabin está presente em Santa Catarina desde 1969. Atualmente, a empresa possui unidades de produção no Estado nos municípios de Correia Pinto, Otacílio Costa, Lages e Itajaí. Maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, a companhia produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais, além de comercializar madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três áreas de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Fechar
14/05/2014
Parada Geral na Unidade Monte Alegre termina na próxima semana (1)

Com a retomada das operações, variações de odores e ruídos poderão ser percebidas

A Unidade Monte Alegre da Klabin inicia nos próximos dias 22 e 23 o processo de retorno da produção de papel que estavam em manutenção durante a Parada Geral. Com isso, a comunidade de Telêmaco Borba, principalmente nas áreas próximas à fábrica e ao rio Tibagi, poderá perceber variações de odores e ruídos provenientes da Unidade. A Klabin ressalta que essas alterações não oferecem risco às pessoas ou ao ambiente e que todas as normas de segurança e meio ambiente estão sendo aplicadas na condução das manutenções, assim como no retorno das máquinas.

A Parada Geral, que será finalizada no dia 25 de maio, é um procedimento anual no qual a produção de papel é interrompida para a realização de manutenções que visam garantir a qualidade e a segurança do processo produtivo.

Durante 11 dias, diversas atividades foram realizadas, como inspeções em caldeiras, digestores, sistemas de geração e distribuição de energia e sistemas de controle do processo produtivo.

Em caso de dúvidas relacionadas a meio ambiente, a comunidade pode entrar em contato com a empresa pelo e-mail faleklabinpr@klabin.com.br ou pelo telefone 0800 728 0607.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

Informações para a Imprensa:
Grupo Máquina PR
Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
07/05/2014
Klabin realiza Parada Geral na Unidade Monte Alegre.

Ação tem como objetivo garantir o bom funcionamento da fábrica

Telêmaco Borba, 7 de maio de 2014 – Entre os dias 15 e 25 de maio a Klabin realizará sua Parada Geral anual, que consiste na interrupção da produção de papel para a realização de manutenções que vão garantir o bom funcionamento dos equipamentos, a segurança e a qualidade do processo produtivo.

Durante esses 11 dias, cerca de 100 empresas contratadas e 4.500 funcionários temporários estarão envolvidos na Parada Geral. Dentre as principais atividades previstas estão inspeções em caldeiras, digestores, sistemas de geração e distribuição de energia e de controle do processo produtivo, além da implementação de projetos para o aumento de produção da unidade. O número de trabalhadores temporários demanda uma logística e uma infraestrutura que contemplam transporte, acomodações, refeições e outros itens que movimentam e incentivam a economia de Telêmaco Borba e região. A isso se somam outros benefícios, como os impostos gerados para o município e o movimento extra de hotéis, bares, restaurantes e lojas, além de serviços de suporte à permanência dos trabalhadores na cidade.

Durante os dias de Parada, variações de odores e ruídos provenientes da fábrica, especialmente nos dias 15 e 16, início da Parada, e nos dias 23 e 24, retomada das operações dos equipamentos, poderão ser percebidos pela comunidade. É importante ressaltar que essas alterações não causam danos à saúde das pessoas e nem ao meio ambiente.

Em caso de dúvidas, a comunidade pode entrar em contato com a Klabin pelo e-mail faleklabinpr@klabin.com.br ou pelo telefone 0800 728 0607.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

 

Fechar
16/04/2014
Klabin incentiva certificação florestal de pequenos produtores rurais

A companhia auxilia o primeiro grupo de produtores da região Sul do país a buscar certificação

São Paulo, 16 de abril de 2014 – O sonho de comercializar com um selo internacional que comprova o manejo florestal responsável agora pode se tornar realidade para pequenos produtores rurais no interior do Paraná. A Klabin auxilia o Grupo de Produtores Florestais do Médio Rio Tibagi, localizado em Telêmaco Borba (PR), a conquistar a certificação florestal FSC® - Forest Stewardship Council®. A companhia contribuiu para a elaboração do padrão nacional para florestas plantadas SLIMF (Small and Low Intensity Managed Forests), sigla em inglês para manejo florestal em pequena escala e/ou de baixa intensidade, que ajuda os pequenos e médios produtores a obter a certificação e ter maior reconhecimento no mercado.

O Grupo de Produtores Florestais do Médio Rio Tibagi é composto por 41 proprietários e 74 propriedades rurais, contemplando cerca de 6.900 hectares de área total certificada, com 3600 hectares de efetivo plantio de eucaliptos e pínus. As propriedades estão distribuídas em oito municípios - Telêmaco Borba, Tibagi, Imbaú, Reserva, Ortigueira, Curiúva, Figueira e Ventania, do interior do Paraná. A certificação permitirá ao grupo comercializar madeira com maior valor agregado e com as melhores práticas de manejo.

“Auxiliar o desenvolvimento de pequenos produtores nas regiões onde atuamos é um trabalho que a Klabin tem orgulho de desenvolver. Ser uma das empresas responsáveis pelo auxílio à conquista da certificação FSC® faz com que a companhia contribua para o desenvolvimento de um mercado de melhor valor agregado, ao mesmo tempo que tem participação ativa na melhoria da gestão da propriedade rural, com resultados ambientais e sociais significativos ”, afirma Ivone Namikawa, coordenadora de Sustentabilidade Florestal da Klabin.

Todos os integrantes do Grupo de Produtores Florestais do Médio Rio Tibagi recebem apoio da Klabin por meio do Programa Matas Legais, um amplo trabalho da companhia para auxiliar o produtor a se adequar e também a recuperar e conservar áreas de preservação permanente. Em parceria com a Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida (Apremavi), o programa é pioneiro no setor e está em vigor nos estados de Santa Catarina e Paraná.

O padrão de certificação SLIMF para florestas plantadas é o resultado de um trabalho que foi realizado por empresas do setor de papel e celulose, FSC® Brasil, WWF Brasil e Universidade Federal de Viçosa. O seu principal objetivo foi desenvolver o padrão para implantar o manejo adequado para plantios de pinus e eucalipto, simplificando o processo para pequenos produtores, facilitando o acesso a certificação FSC® e estimulando a abertura de novos
mercados.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

Fechar
09/04/2014
Alteração na diretoria industrial da Klabin

Sadi Carlos de Oliveira assume o desafio de liderar a nova fábrica de celulose da companhia

A Klabin comunica que Sadi Carlos de Oliveira deixou a direção das Unidades Otacílio Costa e Correia Pinto (SC) para assumir o desafio de liderar a nova fábrica de celulose da companhia, que será instalada na cidade de Ortigueira, no Paraná. Arthur Canhisares, atual diretor industrial da Unidade Monte Alegre (PR), assumiu também a direção das fábricas de Otacílio Costa e Correia Pinto. Com a mudança, Flávio Deganutti passa a ocupar o cargo de gerente geral da unidade Monte Alegre, apoiando diretamente Arthur Canhisares.

Sobre a Klabin 
A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).
Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

Fechar
09/04/2014
Unidade da Klabin em São Leopoldo reaproveita 64% de seus resíduos

Fábrica também reduziu em 20% o volume gerado de 2009 a 2013

A Unidade São Leopoldo da Klabin, seguindo as diretrizes promovidas pela companhia em todas as suas fábricas, alcançou índices que são referência em sustentabilidade ambiental. A fábrica atingiu a marca de 64% de reaproveitamento dos resíduos resultantes do processo produtivo e reduziu em 20% os rejeitos gerados de 2009 a 2013.

Para chegar ao resultado, a Klabin investiu fortemente na conscientização de seus colaboradores, com treinamentos e palestras, e firmou parcerias com outras empresas. Dentre os materiais que são reaproveitados estão a madeira, que obedece o ciclo da logística reversa e serve como combustível, o plástico, que segue para cooperativas de reciclagem, e o lodo da estação de tratamento de efluentes, que é transformado em adubo orgânico. As conquistas reafirmam o compromisso da Klabin com o meio ambiente, tomando como base a política dos 3 R's - reduzir, reutilizar e reciclar.

São Leopoldo é uma importante cidade para a Klabin. A empresa está presente no município desde 1981 e produz na unidade embalagens de papelão ondulado para diferentes setores da indústria. Atualmente, a capacidade da produção local é de 47 mil toneladas/ano.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:

Grupo Máquina PR
Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar
28/03/2014
Klabin reduz consumo de água em 54% nos últimos três anos, em Otacílio Costa (SC)

Unidade atingiu índice de 28 metros cúbicos de água para cada tonelada de papel para embalagem produzido

A preservação do meio ambiente é uma prioridade para a Klabin, faz parte da gestão da companhia e do dia-a-dia das unidades fabris. E, a água, como importante item para produção de papel e celulose, não poderia estar de fora das maiores ações ambientais da empresa.

Cada fábrica da Klabin tem metas próprias de redução de consumo de água e a companhia atua ano a ano para reduzir ainda mais os indicadores. Um exemplo é o trabalho realizado em Santa Catarina e que se tornou benchmarking internacional no assunto. A Unidade Otacílio Costa, localizada a 223 km da capital catarinense, atingiu o índice de 28 metros cúbicos de água para cada tonelada de papel para embalagem produzido - uma redução 54% em comparação a 2009.

Para alcançar o resultado foi investido R$ 2 milhões. A empresa adquiriu equipamentos para o ciclo de água se tornar fechado, realizou treinamentos periódicos com os funcionários sobre o assunto e implementou torres de resfriamento de água com capacidade de 1.500 m3/h.

Sobre a Klabin 
A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Saiba mais em www.klabin.com.br

Fechar
19/03/2014
Klabin lança Pedra Fundamental e apresenta projeto da nova fábrica em Ortigueira

Evento contou com a presença do Governador do Estado, Beto Richa, autoridades locais e executivos e conselheiros da companhia

A Klabin realizou na tarde desta quarta-feira, 19, o evento de descerramento da Pedra Fundamental da nova unidade de celulose da empresa, o Projeto Puma. A fábrica, com inauguração prevista para 2016, terá investimento de R$ 5,8 bilhões, excluindo-se ativos florestais, melhorias em infraestrutura e impostos.

O evento, realizado no canteiro de obras do projeto, reuniu aproximadamente 600 convidados, entre prefeitos e autoridades de 12 municípios, e o governador do Estado do Paraná, Beto Richa, que reforçou a importância do investimento para a região. “Este empreendimento da Klabin é um marco do novo Paraná. É o maior investimento privado da história do nosso Estado, que começou a ser erguido a partir do bom diálogo entre a empresa e o governo estadual”, destacou. “Além da importância econômica, a nova fábrica traz como diferencial o apoio ao desenvolvimento de uma importante região do Paraná. São 12 cidades que recebem impactos positivos diretos, com a geração de impostos e oportunidades de trabalho.”

Para Fabio Schvartsman, diretor geral da Klabin, “este é o início de um novo ciclo de crescimento da empresa, que irá dobrar seu volume de produção em três anos. Essa fábrica está sendo construída para ser uma das mais produtivas do mundo”. O executivo destacou ainda a importância histórica da nova planta. “A Klabin tem 115 anos de história e 80 anos no Paraná e ainda tem muita energia para empreender um projeto deste tamanho”.

Durante a cerimônia, Pedro Piva, membro do Conselho de Administração da Klabin, recebeu o Título de Cidadão Honorário de Telêmaco Borba. A homenagem foi concedida pela Câmara do Município e faz referência à história da empresa na Cidade. “A primeira geração da família Klabin fundou a empresa, a segunda geração fez Monte Alegre e a terceira geração está fazendo o Projeto Puma.”

Em seu discurso, a prefeita Lourdes Banach, disse que Ortigueira é privilegiada por receber um empreendimento deste porte que marca o início de uma nova era. “A população está esperançosa e preparada para esse novo momento”, destacou.

Oportunidade de desenvolvimento
Com a nova fábrica, serão realizadas obras de infraestrutura e haverá aumento das oportunidades econômicas e sociais, geração de renda, qualificação profissional e incremento na arrecadação de impostos, contribuindo para o desenvolvimento regional.

Divisão de ICMS
Um convênio assinado entre o Governo do Estado, Klabin e municípios da região definiu que o ICMS proveniente das operações da nova fábrica seja dividido entre doze municípios.

Ortigueira ficará com 50% desse imposto e os 50% restantes serão divididos entre Cândido de Abreu, Congonhinhas, Curiúva, Imbaú, Reserva, Rio Branco do Ivaí, São Jerônimo da Serra, Sapopema, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania. A divisão será baseada em critérios como a população e o índice de desenvolvimento social de cada município.

Geração de empregos
Cerca de 85% dos trabalhadores empregados atualmente (etapa de terraplanagem) no Projeto Puma são provenientes dos municípios vizinhos ao empreendimento.

No auge da construção, a previsão é que 8,5 mil pessoas estejam trabalhando no canteiro de obras. Quando estiver em operação, a nova unidade terá 1,4 mil postos de trabalho entre os setores fabril e florestal.

Capacitação
Para dar mais oportunidades aos moradores da região, a Klabin tem apoiado o treinamento e a capacitação por meio de cursos gratuitos, oferecidos em parceria com a Secretaria do Trabalho e o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego). Desde abril de 2013, mais de 400 alunos de Imbaú, Ortigueira e Telêmaco Borba formaram-se em diversas áreas. Novas turmas devem ser abertas ao longo deste ano.

Melhorias na infraestrutura regional
Em maio de 2013, foi firmado um protocolo de intenções entre o Governo do Estado do Paraná e a Klabin para investimentos em infraestrutura regional pública. Entre as obras previstas estão a construção de um ramal ferroviário; linhas de transmissão e obras em cerca de 100 quilômetros de estradas, como a pavimentação das estradas da Campina e Minuano; melhoria da Estrada Estratégica e construção de uma nova estrada na margem direita do rio Tibagi.

Eficiência energética
A fábrica em Ortigueira será autossuficiente na geração de energia elétrica, com uma produção de 270 MW de energia. Desse total, a previsão é que 120 MW sejam utilizados para consumo próprio da Klabin e os 150 MW excedentes – energia suficiente para abastecer uma cidade de meio milhão de habitantes, como Londrina (PR) – sejam disponibilizados no sistema elétrico brasileiro. Dessa forma, toda a energia produzida pela Klabin será limpa, sem queima de combustíveis fósseis e provenientes de fontes renováveis.

Competitividade
Do total de florestas plantadas com pinus e eucalipto, 107 mil hectares irão garantir o abastecimento de madeira da nova fábrica. O raio médio entre as florestas e a planta é de 72 km, o que assegura a competitividade e o baixo custo do transporte da madeira. O escoamento de parte da produção será feito por ferrovia até o porto de Paranaguá.

Sobre a Klabin

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três unidades de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão e papel kraft) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Informações para a Imprensa:
Grupo Máquina PR

Carlos Moura | (11) 3147-7453 carlos.moura@grupomaquina.com
Tatiana Souza | (11) 3147-7921 tatiana.souza@grupomaquina.com
Fernanda Doniani| (11) 3147-7448 fernanda.doniani@grupomaquina.com

Fechar