Klabin em Números

Klabin Maior produtora e exportadora de papéis para embalagem e líder em embalagens de papelão ondulado e sacos industriais do Brasil. É também a única empresa a fornecer simultaneamente ao mercado celulose de fibra curta (eucalipto), celulose de fibra longa (pínus) e celulose fluff, produzidas em sua nova fábrica em Ortigueira, no Paraná, inteiramente projetada para essa finalidade e autossuficiente na geração de energia.

Fundada em 1899, possui 18 unidades industriais, sendo 17 no Brasil, em oito estados, e uma na Argentina, escritórios comerciais em oito estados brasileiros, uma filial nos Estados Unidos, um novo escritório na Áustria, além de representantes e agentes comerciais em vários países. Está organizada em quatro unidades de negócios: Florestal, Celulose, Papéis e Conversão. Possui mais de 18 mil colaboradores (cerca de 13 mil colaboradores diretos e 5 mil indiretos).

Sustentabilidade A gestão da empresa está orientada para o desenvolvimento sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. É pioneira na adoção do manejo florestal em forma de mosaico. Foi a primeira no setor no Hemisfério Sul a obter a certificação FSC®- Forest Stewardship Council® (FSC-C022516). A Klabin possui também a certificação FSC® nas unidades do Brasil para a cadeia de custódia de sacos industriais, papel cartão e papel kraft (FSC-C017793 , FSC-C001941, FSC-C006109). Signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo.

Investimentos socioambientais e culturais Em 2016, a Klabin aplicou um total de R$ 21,82 milhões em projetos dos setores de saúde, cultura, educação, esporte, lazer e meio ambiente. A companhia apoia mais de 160 projetos que promovem o desenvolvimento social.

INVESTIMENTOS OPERACIONAIS Em 2016, do total de R$ 2,56 bilhões investidos nas operações, a Unidade Puma, em Ortigueira (PR), que iniciou suas operações em março, recebeu R$ 1,70 bilhão. Além da nova planta, R$ 405 milhões foram investidos na continuidade operacional das fábricas, R$ 136 milhões tiveram como destino as operações florestais e R$ 296 milhões foram aplicados em projetos especiais, principalmente na aquisição dos ativos de conversão de caixas de papelão ondulado da empresa Hevi Embalagens, em Manaus (AM).

Mapa das Operações

Capacidade de produção

*CMTP - Chemi-thermomechanical Pulp - fibra curta de eucalipto produzida por processo químico, termomecânico.

Destino dos produtos

Alimentos: 68%

Outros bens de consumo: 13%

Construção civil: 7%

Diversos: 12%

Liderança

Produtividade Florestal acima de 50 m³/ha ao ano versus uma média do mercado de 44 m³/ha ao ano, segundo dados da Ibá.

Líder nos mercados em que atua: papéis para embalagem (papel kraft e papelcartão), embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e madeira em toras para serrarias e laminadoras.

Única na produção de celulose fluff de fibra longa no Brasil e a única no país com a possibilidade de fornecer, simultaneamente, celulose de fibra longa, celulose de fibra curta e celulose fluff a partir de uma mesma unidade industrial inteiramente projetada para esta finalidade.

É a única fornecedora de cartões para líquidos na América Latina.
• 50% de Market Share em Cartões (incluindo LPB);
• 40% de Market Share em Kraftliner;
• 50% de Market Share em Sacos Industriais;
• 18% de Market Share em Papelão Ondulado.

resultados financeiros