PressReleases

|
12 de julho de 2019

Klabin dá início às obras do Projeto Puma II e entrega novo traçado da PR-160 ao governo do Paraná

Klabin dá início às obras do Projeto Puma II e entrega novo traçado da PR-160 ao governo do Paraná

Klabin dá início às obras do Projeto Puma II e entrega novo traçado da PR-160 ao governo do Paraná

 

Paraná, 12 de julho de 2019 – A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, fez importantes anúncios na semana passada, no Paraná. Na, quarta-feira, 3 de julho a companhia deu início às obras da primeira fase do Projeto Puma II com a colocação da primeira estaca do prédio da Máquina de Papel 27 (MP 27) e a terraplanagem na área da nova Estação de Tratamento de Efluentes (ETE). No dia anterior, representantes da empresa estiveram com o governador Carlos Massa Ratinho Junior para entregar o projeto executivo do novo traçado na estrada que liga Imbaú a Reserva, na região central do Estado.

 

“Colocar a primeira estaca do Projeto Puma II dentro do prazo estabelecido é um grande marco para o começo deste grande desafio que é realizar o maior investimento da história da Klabin”, ressalta Francisco Razzolini, diretor de Tecnologia Industrial, Inovação, Sustentabilidade e Negócio Celulose. “E no mesmo dia começar as obras na ETE também simboliza nosso compromisso com a aplicação das tecnologias mais avançadas para a sustentabilidade.”

 

A MP 27 deverá iniciar suas operações em 2021, com capacidade de 450 mil toneladas por ano de papel kraftliner 100% de fibra de eucalipto – Eukaliner, produto que a Klabin exporta e converte em suas próprias embalagens de papelão ondulado. Com a nova Estação de Tratamento de Efluentes (ETE), a Unidade Puma passa a ter três linhas dedicadas, com tratamento de nível terciário aplicado aos efluentes gerados pela fábrica.

 

Sobre o projeto da PR-160, o investimento de R$ 560 mil no desenho do novo traçado e de toda a estrutura necessária permite que a obra seja licitada ainda neste ano, depois das análises ambientais e demais medidas necessárias. Depois de concluída, a estrada vai retirar o fluxo de caminhões das duas cidades.

Para o diretor Florestal da Klabin, José Totti, a nova empreitada dá continuidade à parceria da companhia com o governo do estado. “Temos diversas parcerias relacionadas à infraestrutura regional. Em 2016 fizemos o maior investimento privado dia história do Paraná e agora faremos um aporte ainda maior, que aumentará o fluxo de veículos de forma importante. Para que o novo fluxo de veículos possa fluir adequadamente há necessidade de obras como essa”, disse.

 

Apenas em 2018, 408 km de estradas foram restauradas pela Klabin ou em parceria com as prefeituras e 37 pontes foram construídas, beneficiando 38 municípios no estado do Paraná.

 

Sobre o Projeto Puma 

 

Com aporte de R$ 9,1 bilhões, o Projeto Puma II será dividido em duas etapas. A primeira envolve a construção de uma linha de fibras para produzir celulose não branqueada integrada a uma máquina de papel Kraftliner e Kraftliner branco, que serão comercializados sob a marca Eukaliner, com capacidade de 450 mil toneladas anuais. Já a segunda etapa do projeto contempla a construção de uma linha de fibras complementar integrada a uma máquina de papel Kraftliner com capacidade de 470 mil toneladas anuais e expansão de algumas estruturas de apoio.

 

Sobre a Klabin

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais e única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Somente no Paraná, gera mais de 10 mil empregos (diretos e indiretos), em mais de 25 municípios próximos das operações da companhia, principalmente, na região dos Campos Gerais.

A empresa é pioneira na adoção do manejo florestal em forma de mosaico, que consiste na formação de florestas plantadas entremeadas a matas nativas preservadas, formando corredores ecológicos que auxiliam na manutenção da biodiversidade. A área florestal da companhia no Paraná compreende o total de 342 mil hectares, sendo 142 mil de mata nativa. A Klabin também mantém um Parque Ecológico, na Fazenda Monte Alegre, em Telêmaco Borba, para fins de pesquisa e conservação, atuando no acolhimento e reabilitação de animais silvestres vítimas de acidentes ou maus-tratos, auxiliando o trabalho de órgãos ambientais. Além de contribuir para a preservação da flora e fauna da região, inclusive de espécies ameaçadas de extinção.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável. Na região dos Campos Gerais a Klabin desenvolve boa parte dos seus programas socioambientais, com destaque para “Matas Sociais – Planejando Propriedades Sustentáveis”, Matas Legais, Projeto de Resíduos Sólidos, Crescer Lendo, Programa Caiubi, Força Verde Mirim e Protetores Ambientais.

A companhia também aderiu aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, é signatária do Pacto Global e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, e busca fornecedores e parceiros que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

 

 

Assessoria de Imprensa – Klabin

In Press Porter Novelli

 

Juliana Onofri – (11) 4871-1466 – juliana.onofri@inpresspni.com.br
Alcione Cavalcante – (11) 4871-1473 – alcione.cavalcante@inpresspni.com.br

Alessandro Abate – (11) 3323-1595 – alessandro.abate@inpresspni.com.br

Mayara Brasil – (11) 3323-1629 – mayara.brasil@inpresspni.com.br

Giovana Battiferro – (11) 3330-3806 – giovana.battiferro@inpresspni.com.br

 

 

Assessoria de Imprensa

Contato da Imprensa Klabin S.A.

Juliana Onofri | +55 (11) 4871-1466 - juliana.onofri@inpresspni.com.br
Alessandro Abate | +55 (11) 3323-3829 - alessandro.abate@inpresspni.com.br
Alcione Cavalcante | +55 (11) 4871-1473 - alcione.cavalcante@inpresspni.com.br
Giovana Battiferro | +55 (11) 3330-3806 - giovana.battiferro@inpresspni.com.br

Facebook

Youtube