PressReleases

Social e Cultura
|
23 de maio de 2014

Klabin apresenta sua Unidade de Conservação em Santa Catarina

Com quase 5 mil hectares, RPPNE Complexo Serra da Farofa já identificou 600 espécies da flora e 75 da fauna

Santa Catarina, 23 maio de 2014– A Klabin, reforçando seu compromisso histórico com o desenvolvimento sustentável, apresenta sua primeira Reserva Particular do Patrimônio Natural Estadual (RPPNE), em Santa Catarina. Com isso, a companhia, que está presente há mais de quatro décadas no Estado, conservará uma área de 4.987 hectares. A iniciativa conta com o apoio da Fundação do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (Fatma).

A RPPNE Complexo Serra da Farofa está dividida em seis grandes blocos localizados nos municípios catarinenses de Painel, Urupema, Rio Rufino, Urubici e Bocaina do Sul e ainda reúne as nascentes dos rios Caveiras e Canoas, que têm grande importância para a região. A área deverá ser utilizada para a realização de pesquisas científicas e contribuirá para a conservação de importante remanescente da Mata Atlântica, composta por Floresta de Araucárias e Campos de Altitude. “Para a Klabin, preservar uma área desta extensão e com uma biodiversidade tão rica evidencia o quanto a companhia está comprometida com um modelo de gestão que une a preservação ambiental e a geração de conhecimento científico ao desempenho de seus negócios e o desenvolvimento das regiões onde atua”, afirma José Totti, Diretor Florestal da Klabin.

Essa é a segunda RPPN mantida pela Klabin. A primeira, localizada dentro da Fazenda Monte Alegre, em Telêmaco Borba (PR), possui 3.852 hectares e foi criada em 1998. Além das pesquisas e fornecimento de sementes de espécies florestais para restauração de áreas degradadas, a RPPN serve como suporte para a geração de informações para os programas socioambientais da empresa, como por exemplo, o Programa Matas Legais e o Programa Caiubi, que na região já realizou mais de 3,5 mil treinamentos com professores de 771 escolas, beneficiando 240 mil estudantes.

Sobre a Klabin

A Klabin está presente em Santa Catarina desde 1969. Atualmente, a empresa possui unidades de produção no Estado nos municípios de Correia Pinto, Otacílio Costa, Lages e Itajaí. Maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, a companhia produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais, além de comercializar madeira em toras. Fundada em 1899, possui atualmente 15 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Está organizada em três áreas de negócios: Florestal, Papéis (papelcartão, papel kraft e reciclados) e Conversão (papelão ondulado e sacos industriais).

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. Em 2014, a Klabin integra, pela primeira vez, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da BM&FBovespa. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Assessoria de Imprensa

Contato da Imprensa Klabin S.A.

Juliana Onofri | +55 (11) 4871-1466 - juliana.onofri@inpresspni.com.br
Alessandro Abate | +55 (11) 3323-3829 - alessandro.abate@inpresspni.com.br
Alcione Cavalcante | +55 (11) 4871-1473 - alcione.cavalcante@inpresspni.com.br
Giovana Battiferro | +55 (11) 3330-3806 - giovana.battiferro@inpresspni.com.br

Facebook

Agora é a hora de conhecer a Casa Museu Eva Klabin, onde estão muitas obras selecionadas pela colecionadora ao longo de anos, em viagens feitas pelos mais diversos países. Uma verdadeira relíquia! 😍

Assim como Ema e seu museu, Eva Klabin morou nesse espaço durante 30 anos. A sua casa foi uma das primeiras na Lagoa Rodrigo de Freitas e hoje guarda obras que vão desde o Egito Antigo até o Impressionismo. A ideia de abrir a Fundação ao público veio da própria Eva e foi colocada em prática em 1995. Ela queria deixar seu legado para a cidade do Rio de Janeiro, oferecendo uma atividade cultural de qualidade. Aí na foto, você pode ver o Bodoir, um pequeno escritório ligado ao quarto de dormir, cheio de obras de várias partes do mundo! 🌎

Para conhecer o acervo de pertinho, é só ir até a Avenida Epitácio Pessoa, número 2.480, Lagoa, no Rio de Janeiro - RJ. A Casa Museu funciona de terça a domingo, das 14 às 18h, com ingressos gratuitos nos fins de semana e feriados. 🎫


#PraCegoVer card com fotografia do Bodoir na Casa Museu Eva Klabin, destacando as obras renascentistas. Acima à esquerda, está a frase Casa Museu Eva Klabin.
... Ver MaisVer mais

1 dia atrás  ·  

Visualizar no Facebook

Youtube